Futebol/Campeonato Italiano - ( - Atualizado )

Apresentado, Hernanes recebe a 88 e ressalta “credibilidade” da Inter

Milão (Itália)

Agora sim. Hernanes foi oficialmente apresentado como novo reforço da Internazionale de Milão. Nesta quinta-feira, menos de uma semana depois de fechar sua transferência da Lazio, o volante brasileiro falou com a imprensa milanesa pela primeira vez, vestiu a camisa 88 e ressaltou a felicidade em ser o novo reforço da equipe de Giuseppe Meazza. De acordo com o jogador, atuar pela Inter de Milão lhe dará (ainda) mais “credibilidade” na disputa por uma vaga na Seleção Brasileira que jogará a Copa do Mundo de 2014.

“Não falei com o Scolari, mas creio que a transferência me dê ainda mais credibilidade. Agora sou jogador da Inter, fiz uma transferência importante e creio que isso seja muito importante para a Copa do Mundo”, disse, claramente motivado pelo novo desafio. “Desde quando soube que a Inter me queria, logo quis aceitar, porque é uma oportunidade única. Estou convencido de que iremos bem. A Inter tem uma grande equipe. Já percebi grande qualidade no grupo”, acrescentou.

Bicampeão brasileiro com o São Paulo em 2007 e 2008, Hernanes chegou ao futebol italiano em 2010, para jogar pela Lazio. Em três temporadas e meia pelo clube da capital, Hernanes só ergueu um título, o da Copa da Itália de 2012/2013, porém, conquistou a torcida por sua garra e talento, muitas vezes, único, no time de Roma. Em sua despedida dos torcedores no CT da equipe, inclusive, ele não se segurou e acabou chorando. Agora, porém, a felicidade em ser apresentado por um grande clube do futebol europeu parece maior que a melancolia pela saída da Lazio.

Divulgação
Principal contratação da Internazionale para a temporada, Hernanes foi apresentado nesta quinta-feira

“A sensação de ser apresentado aqui como estrela de um clube muito importante no mundo é um momento maravilhoso. Porque eu tinha desde pequeno um sonho, estava sempre com a bola, dormia com a bola. Sempre levava ela comigo, mas não tinha ideia até onde podia chegar. Um dia entrei numa igreja e me perguntaram o meu sonho. E eu escrevi o meu sonho, tinha cerca de 16 anos. Daquele momento em diante, o objetivo na minha vida era jogar futebol num grande clube e poder fazer uma bela trajetória. Consegui realizar, mesmo passando por momentos menos belos”, explicou.

Para finalizar a sua entrevista coletiva de apresentação, Hernanes fez questão de mostrar que conhece e admira a história da Internazionale. Porém, acabou cometendo uma gafe com sua ex-equipe, já que falou sobre escândalo de manipulação de resultados, caso no qual a Lazio já esteve envolvida.

“A Inter é o único time na Itália que jamais caiu para a Série B. Ser um clube que também nunca esteve envolvido em escândalos reforça ainda mais a minha admiração”, afirmou, arrancado risadas dos jornalistas presentes, que, certamente, lembraram-se do “Calciopoli”, de 2006, quando o procurador de Justiça era torcedor da Inter e acabou punindo a Juventus com o rebaixamento, e tirando pontos de Fiorentina, Lazio e Milan, ajudando a equipe de Giuseppe Meazza a conquistar o título italiano.

A estreia do volante pela Internazionale pode acontecer já neste domingo, diante do Sassuolo, no estádio Giuseppe Meazza, às 17h45m (de Brasília), pelo Campeonato Italiano. Derrotado pela Juventus no clássico do último domingo, em Turim, o time de Milão já soma seis partidas sem triunfos e precisa se recuperar para voltar à zona de classificação para os torneios europeus da próxima temporada. Neste momento, a distância para o quinto colocado, Hellas Verona, é de dois pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade