Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Assunção estreia com gol, e Figueira quebra invencibilidade do Metrô

Florianopolis (SC)

Marcos Assunção iniciou a partida deste domingo, diante do Metropolitano, no banco de reservas do Figueirense. Aos 28 minutos do primeiro tempo, porém, foi colocado em campo no lugar do lesionado Paulo Roberto. Poucos instantes depois, anotou um gol de falta e abriu caminho para a importante vitória do Alvinegro por 3 a 2, no Orlando Scarpelli, pela 3ª rodada do Campeonato Catarinense.

O tento do ex-jogador de Palmeiras e Santos foi anotado aos 44 minutos da etapa inicial. Ele, que já havia obrigado o goleiro João Paulo a fazer linda defesa em outra cobrança de falta momentos antes, colocou a bola com perfeição, no ângulo direito da meta do Metrô. Apesar de ir no canto do arqueiro, a redonda, caprichosamente, beijou a trave e encontrou as redes adversárias. O volante experiente foi abraçado por seus companheiros e apontou para a torcida do Figueirense, como se agradecesse o apoio recebido desde que pisou no gramado.

O Alvinegro ampliou a vantagem no segundo tempo, com Lúcio Maranhão. O atacante, que perdera uma oportunidade inacreditável debaixo da meta nos primeiros minutos da etapa complementar, aproveitou bate-rebate dentro da área, subiu mais que o zagueiro e cabeceou bonito, encobrindo o goleiro João Paulo. O Orlando Scarpelli foi à loucura com o gol anotado aos 12 minutos.

O Metropolitano diminuiu logo na sequência, com Reinaldo. Após Thiago Heleno tocar a mão na bola dentro da área, a arbitragem marcou pênalti, e o experiente atacante deslocou o goleiro Tiago Volpi aos 17 minutos. Não deu nem tempo de comemorar, porém, e o Figueira voltou a abrir boa vantagem no placar. Aos 22, Lúcio Maranhão, de novo, recebeu lançamento de Leandro Silva e só tirou do goleiro para ampliar. No fim, Reinaldo ainda anotou o segundo do Metropolitano, que não teve forças – nem tempo – para buscar o empate: 3 a 2.

Com o resultado, o Figueirense quebrou a invencibilidade do Metropolitano, até então líder do Campeonato Catarinense, empurrou o rival para a terceira colocação, e subiu para o quarto posto, com seis pontos. Na próxima rodada, quarta-feira, o Alvinegro faz clássico com a Chapecoense, fora de casa, enquanto o Metrô recebe o Criciúma, quinta-feira, em Blumenau.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade