Futebol/Bastidores - ( )

Ataque imaginado por Muricy tem Pato ao lado de Luis Fabiano

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A princípio, Alexandre Pato não vai concorrer por posição com Luis Fabiano em sua chegada ao São Paulo. Não é como centroavante que Muricy Ramalho idealiza seu próximo reforço. O treinador já avisou que pretende utilizá-lo como segundo atacante, ao lado do camisa 9 e artilheiro do time.

"O Pato nunca jogou de centroavante, não joga de costas", sentenciou. "Ele joga sempre pelos lados do campo. Foi assim no Milan, no Internacional. Sempre teve um parceiro junto com ele. A não ser que você faça dele um centroavante falso, que não joga enfiado, como na Europa. De costas, não me agrada. Seria companheiro do Luis Fabiano".

Para essa segunda opção, o comandante deu exemplo de uma das vezes em que enfrentou o Corinthians, quando ainda trabalhava no Santos, e viu Tite (antecessor de Mano Menezes no comando técnico) armar a equipe corintiana com Pato e Guerrero dentro da área.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Alexandre Pato trocará a camisa alvinegra pela tricolor e passará a fazer dupla de frente com Luis Fabiano
"Eles jogaram com duas linhas de quatro e os dois enfiados. Eles nos deram um trabalho muito grande. Acho que dá para fazer a mesma coisa também. O Pato pode ser um camisa 9 falso, mas não um camisa 9 mesmo. O camisa 9 que nós temos é o Luis Fabiano", reforçou seu ponto de vista.

Até o fim do ano passado, o elenco contava com duas alternativas de ofício para Luis Fabiano: Aloísio e Welliton. O primeiro foi negociado com o futebol chinês, enquanto o último não teve o contrato de empréstimo renovado. Agora, mesmo sem outros nomes, ninguém mais deve chegar.

"Já contratamos cinco jogadores que queríamos. Dois laterais (Luis Ricardo e o uruguaio Álvaro Pereira), um volante (Souza) e dois atacantes (além de Alexandre Pato, também o colombiano Dorlan Pabon). Pedir outro jogador? Temos alguns meninos que estão pintando bem, não podemos tirar espaço deles", reconheceu Muricy, finalmente satisfeito com a direção.

A parceria imaginada por Muricy entre Pato e Luis Fabiano, no entanto, só poderá ocorrer a partir do próximo mês, já que o reforço ultrapassou o limite de jogos permitido para defender outra equipe no Campeonato Paulista e estrearia na Copa do Brasil, em 12 de março, contra o CSA, em Maceió.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade