Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Atletas exaltam trabalho do técnico Argel Fucks: "Estamos mais motivados"

São Paulo (SP)

O mau começo no Campeonato Paulista resultou na saída de Guto Ferreira da Portuguesa no começo deste mês. De lá para cá, no período sob comando de Argel Fucks, a Lusa conquistou sete dos últimos nove pontos que disputou. A diferença deixa os meio-campistas Rondinelly e Wanderson animados para a sequência do estadual.

“O começo do campeonato não foi fácil para nossa equipe, mas com a chegada do professor (Argel Fucks) a gente se encontrou dentro de campo e conseguiu estar mais motivado. E acho que vem dando certo. Esses três resultados positivos foram muito bons para nossa confiança e espero que possamos vencer de novo”, afirma Wanderson, referindo-se às vitórias sobre Atlético Sorocaba e Linense, além do empate fora de casa com o São Paulo.

Mantendo discurso parecido, Rondinelly ainda se mostra grato por passar a jogar mais após a chegada do treinador, que optou por usá-lo com maior frequência no meio-campo rubro-verde. O jogador ainda afirma estar evoluindo no novo estilo de jogo da Lusa. “O Argel chegou e me deu oportunidade, então estou agarrando. Está sendo uma novidade para mim, mas estou conseguindo fazer o que o professor está pedindo e também estou aprendendo. Acho que o jogador hoje tem que ter várias funções dentro do campo e essa está sendo uma função nova, estou me adaptando bem”, afirma.

Agora com mais oportunidades para entrar em campo, Rondinelly ainda mostra certa mágoa por ter sido preterido sob comando de Guto Ferreira, e garante que está dando tudo de si para mostrar serviço ao novo treinador da Portuguesa. “Venho de um ano com poucas oportunidades e, com a mudança, veio um cara que me deu apoio, que me deu uma chance. Estou agarrando como se fosse a primeira oportunidade da minha vida”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade