Futebol/Campeonato Paranaense - ( - Atualizado )

Atlético-PR sub-23 perde para o Cianorte e fica na vice-lanterna

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Cianorte (PR)

O time sub-23 do Atlético Paranaense não conseguiu aproveitar o embalo pela vitória no Atletiba e mais uma vez saiu derrotado de campo no Campeonato Paranaense. Desta vez, para o Cianorte, por 2 a 1, no Estádio Albino Turbay. Com o resultado, o Furacão segue na vice-lanterna, com cinco pontos ganhos. Já o Leão do Vale, com 10 pontos, segue com sua recuperação, na terceira posição.

A equipe do interior abriu o placar aos 16 minutos, com Elton, que recebeu ótimo lançamento e fuzilou no cantinho para balançar as redes. Depois do intervalo, praticamente uma repetição do lance, aos nove minutos, com Elton recebendo em velocidade e batendo para mais um belo gol. Crislan, aos 30 minutos, descontou.

Na próxima rodada, o Cianorte volta a campo na quinta-feira, quando encara o Maringá, fora de casa, no Estádio Willie Davids. Já o Atlético Paranaense terá pela frente, no mesmo dia, o Londrina, no Ecoestádio Janguito Malucelli.

O jogo – A partida começou movimentada, com o Leão do Vale tentado impor seu ritmo. Aos três minutos, recuou na fogueira para Rodolfo, que deixou a meta para tranquilizar a defesa. O primeiro chute a gol, no entanto, veio do lado rubro-negro, com Bruno Mendes, que soltou o pé, aos cinco minutos, para defesa de Jailson. Aos oito minutos, Elton recebeu na área, fez o primeiro corte, mas no segundo deixou a bola escapar.

O Cianorte estava bem postado e, aos 16 minutos, Elton recebeu lançamento em profundidade, ganhou da defesa na velocidade e fuzilou para o fundo das redes para abrir o placar. O Furacão tentou responder dois minutos depois, com Crislan, que parou em boa defesa de Jailson. Levantamento da área do time tricolor, aos 27 minutos, e Jailson deixou a meta para interceptar.

O Atlético voltou a aparecer com perigo aos 28 minutos, com Crislan, que com um chute surpreendente, de fora da área, carimbou o travessão. Aos 36 minutos, Carlos César abriu espaço e mandou o petardo em cima da marcação. Aos 46 minutos, a bola sobrou pra Bruno Mendes, que chutou para fora, mesmo com o goleiro caído. Antes do intervalo, Jailson precisou ser substituído por lesão.

Para a etapa final, o Leão queimou a última substituição para a entrada de Jonathan e a saída de Júnior Negrão, machucado. Aos dois minutos, cobrança de escanteio para o Furacão, Rudy saiu errado e, na confusão, a defesa conseguiu cortar para fora e salvar. O Rubro-Negro voltou com mais ação e pressionava. Aos sete minutos, Dráusio fez o cruzamento e ninguém conseguiu desviar no caminho para marcar.

No entanto, os espaços ficaram abertos para o Cianorte que, aos nove minutos, ampliou com Elton, que recebeu novo cruzamento em velocidade, tirou o zagueiro e fuzilou no ângulo, um golaço. Aos 14 minutos, Otávio tentou responder com um lindo chute e Rudy foi no cantinho para defender em dois tempos.

Lance incrível, aos 19 minutos, com Elton recebendo na área, na cara do gol, e parando em uma saída arrojada de Rodolfo. Aos 27 minutos, Bruno Furlán invadiu a área e bateu em cima da defesa. Mas, aos 30 minutos, Rudi rebateu errado e Crislan aproveitou para desviar para o fundo das redes. A bola sobrou para Elton, aos 38 minutos e o atacante escorregou. Aos 43 minutos, Zezinho cobrou falta na barreira e ficou pro isso mesmo.

Jotinha vivo na luta pela ponta - No mesmo horário, o J.Malucelli recebeu o Toledo Colônia Work, no Estádio Janguito Malucelli e venceu por 3 a 1, alcançando provisoriamente a liderança do Estadual, com 12 pontos ganhos. Bruno Batata abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. Getterson ampliou aos 41 minutos. Depois do intercalo, Baiano, aos 23 minutos, ampliou para o Jotinha. Samuel descontou aos 46 minutos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade