Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Audax-SP comprova bom futebol com goleada sobre a Portuguesa

Osasco (SP)

O Audax-SP voltou a provar que poderá ser uma das surpresas do Campeonato Paulista. Na manhã deste domingo, no estádio José Liberatti, o time de Osasco (SP) goleou a Portuguesa por 4 a 2 e entrou na zona de classificação do Grupo B, mesmo que provisoriamente.

Após a segunda vitória seguida, o Audax subiu duas posições na chave e começou a pressionar o Botafogo-SP, líder. Na quinta, a equipe da região metropolitana de São Paulo medirá forças com o Mogi Mirim, mas desta vez fora de casa, no interior.

Enquanto isto, a Lusa só aumentou o drama do rebaixamento para a Série A2. Com apenas um ponto, os comandados do técnico Guto Ferreira amargam a lanterna do Grupo C. Na quarta, o adversário será o Atlético Sorocaba, também no interior do estado.

O jogo: o forte calor não foi problema para os mandantes começarem na frente logo aos dois minutos do primeiro tempo, quando o lateral-direito Velicka aproveitou cruzamento de Francis e cabeceou para o fundo do gol de Gledson, que não teve chance de defesa.

Arte GE.Net
A Portuguesa equilibrou a partida, mas só chegou ao empate aos 29 minutos, depois de falha grotesca da defesa do Audax. O centroavante Henrique saiu na cara do gol e, totalmente livre de marcação, deslocou Felipe Alves. O tento movimentou o duelo mais ainda.

Com jogada ensaiada, o meia Camacho colocou o Audax à frente novamente aos 34. Dois minutos depois, Velicka tabelou com Denílson e fez mais um. Aos 39, Giovanni acertou o travessão de Felipe Alves e quase diminuiu, mas comemorou quando o colega Henrique, de pênalti, deixou outra marca.

Já na etapa complementar, o time mandante demonstrou mais condicionamento físico, que pesou aos 11 minutos. Homem do jogo, Velicka cruzou para Caion fazer corta-luz e Thiago Silvy completar para o fundo da rede, fechando a conta no José Liberatti.

Logo após o gol, Giovanni, emprestado pelo Corinthians, deixou o braço em adversário e acabou sendo expulso de forma direta do campo, dificultando ainda mais o trabalho de Guto Ferreira. Cansado, o Audax administrou a vantagem de dois gols e saiu com três pontos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade