Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Autores dos gols destacam força do banco vascaíno em vitória dos reservas

Rio de Janeiro (RJ)

No calor de Moça Bonita, na tarde desta quarta-feira, mesmo sem utilizar seus jogadores titulares, o Vasco conseguiu se reabilitar e derrotou o Bangu, por 2 a 0, chegando à terceira colocação do Campeonato Carioca. Para alcançar o resultado, Adílson Batista contou com a força do banco de reservas, já que o atacante Thalles e o meia Montoya entraram ao longo da partida para definir o triunfo.

“Procuro me dedicar muito nos treinamentos, mesmo entrando no segundo tempo. O grupo forte é, mais uma prova disso foi dada nesta quarta-feira. Eu e Montoya entramos e fizemos os gols. O espírito tem que ser esse, viemos de dois resultados negativos”, afirmou Thalles, que inaugurou o marcador diante do Bangu.

O colombiano Montoya, que marcou o segundo gol vascaíno, também falou sobre a importância dos reservas, destacando a importância de cada um para Adílson Batista. “O treinador sempre fala que está todo mundo competitivo. Qualquer um que tenha chance tem de aproveitamento o máximo para ajudar o time a crescer na tabela”, ressaltou o meia do clube carioca.

Apesar de ter colocado os dois jogadores ao longo do jogo, e claramente ter melhorado o desempenho de sua equipe, Adílson Batista preferiu não ganhar os méritos pela vitória. Para o treinador, o resultado só foi conquistado pela dedicação de cada um em campo, mostrando que a briga por uma vaga na equipe titular deve ser cada dia mais acirrada nesta temporada.

“No primeiro tempo, nós erramos muitos passes, não se se foi por causa de calor, gramado ou grama alta. Mesmo assim criamos três boas chances. No segundo tempo, erramos pouco e fomos eficientes. O mérito é dos jogadores, não do técnico, porque os reservas decidiram. Thalles está buscando espaço, Montoya entrou bem. Eu precisava de um jogador aberto. O mérito é deles. Estou até rouco, não sei se foi o calor”, avaliou o treinador vascaíno.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade