Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Buscando fuga da degola, Lusa vence Comercial no Canindé

São Paulo (SP)

Tentando fugir da zona de rebaixamento, a Portuguesa deu um importante passo neste domingo ao vencer o Comercial de Ribeirão Preto, no Estádio do Canindé, em São Paulo. No duelo de desesperados, a Lusa triunfou por 2 a 1 sobre o time do interior paulista, com gols de Henrique e Gabriel. Edson Santos descontou para a equipe visitante.

A vitória deixou a Portuguesa na quarta posição do Grupo C, com 11 pontos conquistados. O time de Ribeirão Preto é o quarto colocado na chave A, com 10 unidades, e ocupa a zona de rebaixamento do Paulistão.

O jogo - A primeira boa oportunidade da partida veio aos 15 minutos do primeiro tempo. Rondinelly, da Portuguesa, encontrou espaço na entrada da área e arriscou, obrigando o goleiro Marcelo Henrique a fazer uma defesa em dois tempos.

A Lusa teve outra boa chance de abrir o marcador aos 18 minutos. Wanderson cobrou falta em direção à área e Leandro cabeceou nas mãos do goleiro do Comercial, desperdiçando uma grande oportunidade.

Aos 29 minutos, a Lusa chegou com perigo mais uma vez no gol do Bafo. Bryan cruzou da esquerda e Leandro chutou de primeira. A esférica acabou batendo no defensor Xaves, afastando o perigo.

O Comercial deu um susto nos torcedores no Canindé. Aos 34 da primeira etapa, Mateus Borges chutou e a bola desviou em Edson Santos e foi para o fundo do gol da Lusa, mas o árbitro marcou impedimento.

Logo na volta do intervalo, o Comercial pressionou e conseguiu abrir o marcador no Canindé. Aos sete minutos da segunda etapa, Clebinho fez boa jogada individual e tocou para Edson Santos, que rematou na saída do goleiro Glédson e inaugurou o placar.

Atrás no placar, a Lusa foi com tudo para conseguir o empate. Aos 14, Gabriel chutou de longe e a bola acertou a trave direita. A esférica ainda bateu nas costas do goleiro Marcelo Henrique, que conseguiu defender o lance perigoso.

Após a bola na trave, a Portuguesa finalmente conseguiu o seu gol. Aos 17 minutos, Bryan cobrou escanteio e o goleiro Marcelo Henrique saiu muito mal, deixando Henrique livre para cabecear e empatar a partida.

A virada da Lusa veio aos 31 minutos. Bryan cobrou um lateral em direção à área, Henrique desviou de cabeça, e Gabriel chutou forte para fazer o segundo gol da Portuguesa.

Nos acréscimos, o atacante Laércio, da Portuguesa, recebeu um lançamento da esquerda, dominou no peito, e mandou uma bomba no gol. O goleiro Marcelo Henrique operou uma grande defesa e evitou o terceiro gol lusitano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade