Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ceni deixa pênalti para Pabon e fica mais aliviado com vitória

Piracicaba (SP)

O São Paulo já vencia por 2 a 1 o XV de Piracicaba, nesta quarta-feira, quando Luis Fabiano foi derrubado com falta dentro da área. Todos esperavam Rogério Ceni, mas o cobrador do pênalti foi Pabon. Um presente do goleiro ao atacante colombiano, que assim marcou seu primeiro gol.

"Ele já tinha me pedido (para bater) no último jogo. De novo, ele fez o sinal. É importante, ele está chegando agora. E também bate bem na bola. Seria legal fazer o primeiro gol dele. Aqui é um time, então quando cada um ganha confiança, melhor para mim, que faço parte de um time que pode ser campeão", explicou o camisa 1.

O pedido anterior de Pabon a Ceni foi, na verdade, há cinco rodadas, na derrota por 2 a 1 para a Ponte Preta, em Campinas. O recém-chegado fazia sua estreia naquele dia e possivelmente ainda não sabia que é Ceni o batedor número um de pênalti - e de falta, em alguns casos - da equipe.

Quem também marcou o primeiro gol com a camisa tricolor nesta quinta-feira foi Luis Ricardo. O lateral direito atuou como ponta no primeiro tempo e foi o responsável pelo empate, ainda aos 12 minutos, com um toque quase de calcanhar. Entre o seu gol e o de Pabon, o São Paulo chegou à virada pelos pés de Luis Fabiano, já na segunda etapa.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Colombiano anotou seu primeiro gol com a camisa do São Paulo na noite desta quinta-feira, em Piracicaba
Os três gols garantiram à equipe o primeiro triunfo como visitante no Campeonato Paulista e a levaram aos mesmos 18 pontos do Penapolense, líder do grupo A. Um resultado bastante comemorado.

"Você vê como é a vida. Estávamos há quatro jogos sem vencer, agora estamos há quatro sem perder. A gente não pode se apegar tanto aos números, a não ser os da pontuação. Foi importante vencer fora de casa. Não temos jogo no fim de semana, vamos ter uma semana para trabalhar. O ambiente fica mais suave, mais leve para trabalhar", analisou, aliviado.

De fato, o time treinado por Muricy Ramalho só voltará a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Audax, no Morumbi. A volta aos trabalhos, porém, será já na tarde desta quinta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade