Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Chico Lins garante técnico no Avaí pelo menos até jogo com Criciúma

Florianopolis (SC)

Fazendo péssima campanha no Campeonato Catarinense (uma vitória e três derrotas), o Avaí terá o técnico Émerson Nunes à beira do campo pelo menos até o clássico com o Criciúma, marcado para este domingo, na Ressacada. A confirmação é do coordenador de futebol Chico Lins.

“Não iria adiantar nada trocar de treinador agora. Até o jogo com o Criciúma, o Emerson Nunes não sai. ‘Ah, e se perder?’, aí você me faz essa pergunta na segunda-feira”, esquivou-se, mas totalmente ciente da fase do time e da insatisfação dos torcedores avaianos.

Após o revés para o Joinville, na última quarta, em plena Ressacada, alguns se revoltaram, tentaram invadir os vestiários do estádio e quebraram algumas janelas. A equipe divide a última colocação do Estadual com Brusque e Chapecoense, ganhando deles pelos critérios de desempate.

Chico Lins também aproveitou para afirmar que os salários de outubro de 2013 já foram pagos ao elenco, ainda sem receber os de novembro, dezembro e janeiro deste ano. O clube catarinense tenta acordos com investidores, e a expectativa é de que novembro seja pago até a próxima terça.

Haveria uma reunião entre o presidente do Leão da Ilha, Nílton Macedo Machado, e Luiz Alberto Oliveira, empresário da LA Sports. No entanto, o mandatário cancelou o encontro por causa do falecimento de sua mãe.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade