Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Claudinei exalta apresentação em clássico: "Poderia terminar 6 a 2"

Goiânia (GO)

No último sábado, o Goiás saiu perdendo, mas terminou o clássico de Goiânia com vitória sobre o Vila Nova, no Serra Dourada, pelo placar de 3 a 1. Invicto no Esmeraldino, que segue líder isolado do Grupo A, com 22 anos, o técnico Claudinei Oliveira expôs sua satisfação com a apresentação de seus comandados. Na visão do treinador, o resultado poderia ser mais elástico em favor do Periquito.

“Pelo que foi o jogo, o placar poderia ter sido mais elástico. Vencemos a partida com autoridade, merecimento e com respeito ao Vila Nova. Mais uma vez, o goleiro deles se destacou, com boas defesas. Criamos as melhores chances. Vencemos por 3 a 1, mas poderia ter sido 5 a 1, 6 a 1 ou 6 a 2. Porém, vamos manter os pés no chão. Mantenho o discurso de que clássico é legal para os torcedores, mas só vale três pontos. Não é a vitória que nos deixa como melhores do mundo”, salientou.

Adiante, Claudinei expôs a conversa que teve com seus comandados, a fim de otimizar o desempenho esmeraldino dentro das quatro linhas: “A única coisa que falei para os jogadores foi para manterem a tranquilidade. Se o gol não está saindo, não é de qualquer jeito que vai sair. Os atletas não estavam conformados com o placar. Queriam virar e viramos. Mostramos uma grande evolução”, sintetizou.

Esta foi a sétima vitória do comandante à frente do Esmeraldino, em oito jogos. O próximo compromisso do Verdão será nesta quinta-feira, diante do Goianésia, na Serrinha, às 20h30 (de Brasília), em embate válido pela nona rodada do Estadual.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade