Futebol - ( - Atualizado )

Corinthians vai pagar menos em salário para Edenílson do que em 2013

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O Corinthians finaliza os detalhes para ter Edenílson de volta. Vendido à Udinese no mês passado, o lateral direito será emprestado ao clube do Parque São Jorge, que não arcará com todo o salário do jogador. Ele ganhou um aumento na transferência, mas a maior parte do dinheiro será bancada pelos italianos.

“Dando tudo certo, o Edenílson vem por empréstimo, sem nenhum custo. Ele vindo, já tem um contrato estabelecido lá, recebe por lá. Se o Corinthians tiver que fazer um pagamento, vai ser muito inferior ao salário que ele tinha aqui”, assegurou o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.

O dirigente explicou como foi possível um retorno tão rápido do atleta de 24 anos. Como a Udinese já tinha preenchidas suas vagas para estrangeiros, resolveu cedê-lo a outra equipe até a parada no calendário de clubes para a disputa da Copa do Mundo de 2014.

Divulgação/Agência Corinthians
Ronaldo Ximenes preferiu não falar sobre os nomes dos atacantes que interessam (foto: Daniel Augusto Jr.)
“Ele foi vendido. Chegando lá, não ia ser aproveitado nesse final de temporada europeia. O clube tentou dar sugestões a ele. E o Corinthians, quando teve ciência, procurou o Edenílson, e iniciamos a conversa para que ele cumprisse esses quatro meses aqui. Ele está ambientado, conhece. Tudo indica que vamos chegar a um desfecho feliz, que ele vai estar aqui nos próximos dias”, disse Ximenes.

O Corinthians busca ainda a contratação de mais um atacante por causa da saída de Alexandre Pato. Ximenes negou qualquer intenção de acerto com Rafael Sobis, do Fluminense, e preferiu não se estender sobre Neilton, que está se desligando do Santos e foi oferecido por seus representantes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade