Futebol/Campeonato Paranaense - ( - Atualizado )

Coxa admite dificuldades em vitória, mas segue pensando em evoluir

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Em noite de festa no Couto Pereira pelo jogo mil da carreira de Alex, o Coritiba bateu o J.Malucelli por 1 a 0 e segue subindo na classificação do Campeonato Paranaense 2014 após a entrada em campo da equipe principal. Antes de a bola rolar, no entanto, o técnico Dado Cavalcanti pediu aos atletas que deixassem as homenagens para depois do apito final e mantivessem o foco no adversário.

“Pedi aos jogadores para não entrar na pilha de festa e tudo ocorreu bem. É gratificante ter o Alex a nosso lado e é dificil alguém chegar a essa marca, jogando no time do coração”, disse o treinador, que sobre a partida garante que as dificuldades mostradas fazem parte do processo de evolução. “Nós esperávamos a dificuldade, o Jota não tinha perdido no campeonato. Fizemos o gol, não tomamos, mas precisamos evoluir ainda mais, principalmente na questão ofensiva. Mas, o importante foram os três pontos”, completou.

Um dos destaques da partida, o volante Germano acredita que o ritmo ideal irá aparecer a cada rodada. “Encontramos um pouco de dificuldade no primeiro tempo, mas mesmo assim criamos oportunidades e no final fizemos o gol. No segundo tempo saímos mais e tivemos inúmeras chances de fazer o gol. É normal essas dificuldades, essas equipes já vêm com ritmo de jogo e é apenas nossa segunda partida”, avaliou.

Mas o dono da festa foi Alex, homenageado pela diretoria e pela torcida alviverde, o meia retribuiu com um gol de pênalti, fechando um dia especial que nem imaginava quando pisou no gramado pela primeira vez como profissional. “Quando estreei só queria tirar meus pais do aluguel, nunca imaginava isso. Temos que festejar esse triunfo. Felizmente marquei o gol da vitória, o que fecha com chave de ouro essa data especial”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade