Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Cruzeirenses admitem surpresa e dificuldades contra a Caldense

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro não conseguiu mostrar o futebol envolvente que encantou o Brasil na partida deste sábado, contra a Caldense, e viu o time de Poços de Caldas atuar de igual para igual, situação que surpreendeu a Raposa. Após o jogo, o lateral Ceará admitiu que a Veterana jogou muito bem e conseguiu comandar o duelo exercendo forte marcação.

“Temos que ressaltar a boa performance da Caldense que soube se impor dentro dos seus domínios, contando com a força da torcida. Infelizmente a gente não conseguiu sair da forte marcação. O gramado prejudica um pouco porque a gente está acostumado com o jogo mais rápido no Mineirão, e aqui a bola segura um pouco mais”, declarou.

O atacante Marcelo Moreno entrou no jogo ainda no primeiro tempo na vaga de Borges, que deixou o campo lesionado, e o boliviano entende que Cruzeiro sentiu a falta de preparação adequada para iniciar a temporada. Segundo ele, a Raposa teve problemas na partida, mas são situações que podem ser corrigidas para a sequência de jogos.

“Tivemos dificuldades com certeza. Quem assistiu ao jogo deu para ver um Cruzeiro diferente do primeiro jogo. A gente tem que melhorar a parte física para não sentir tanto este campeonato. Vamos focar já no próximo jogo para tentar fazer uma apresentação melhor e conseguir os três pontos”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade