Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Cruzeiro encara Real Garcilaso e altitude no primeiro desafio

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro estreia na Libertadores nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra os peruanos do Real Garcilaso, partida marcada para os estádio Huancayo, a 3.200 metros acima do nível do mar. A altitude será apenas um adversário a mais no caminho da Raposa, que inicia a competição sonhando com o tricampeonato da principal competição de clubes das Américas.

O time celeste disputará sua 14ª edição da Libertadores. Mesclando experiência e juventude, o Cruzeiro chega com moral para mais uma participação no torneio continental. Atual campeão brasileiro, o time de Marcelo Oliveira aposta na manutenção da base para ser tricampeão. Todos os titulares de 2013 foram mantidos para a atual temporada.

Só que para estrear nesta quarta-feira, o comandante da equipe mineira terá dois desfalques importantes. No meio-campo, o volante Nilton passou por cirurgia no fim do ano passado e está em fase final de recuperação. Já o avante Borges acusou uma lesão e nem seguiu com a delegação para o Peru.

Para o lugar de Nilton, Souza, que já vinha jogando, será mantido na equipe. Já no ataque, ainda existe dúvida. O boliviano Marcelo Moreno seria o substituto natural, mas o atleta ainda não tem as condições físicas ideais, mas pode ajudar o clube com a experiência internacional e com a altitude, comum para o jogador que está habituado a atuar na altura da Bolívia.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Principal jogador na conquista do Campeonato Brasileiro, Éverton Ribeiro foi mantido para a Libertadores
“É algo normal para mim. Tenho certa experiência na altitude. Vamos encarar a partida como se estivéssemos jogando em casa. Eu já conversei com alguns companheiros. Estou à disposição para o que eu puder ajudar e para dar algumas dicas. A expectativa sempre é a melhor. A gente precisa começar bem. Sabemos das dificuldades que vamos encarar neste jogo. Espero que a gente possa fazer um bom jogo”, declarou.

No Real Garcilaso, a aposta é usar a altitude como uma espécie de trunfo para superar os brasileiros. A equipe peruana geralmente manda seus jogos em Cuzco, mas o estádio não oferece as condições necessárias para receber a partida. Por isso, a diretoria do Garcilaso optou por jogar em Huancayo.

O técnico da equipe, Freddy Garcia, admite que a altitude pode colaborar com o time da casa, mas afirma que o Real Garcilaso também tem futebol para encarar de igual para igual o Cruzeiro. “Trabalhamos sempre com seriedade e crendo que podemos fazer as coisas bem. A altitude é sempre um fator a favor e que não se pode prevenir”, disse.

FICHA TÉCNICA
REAL GARCILASO X CRUZEIRO

Local: Estádio Huancayo, em Huancayo (Peru)
Data: 12 de fevereiro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Luis Sanchez e Luiz Murillo (ambos da Venezuela)

REAL GARCILASO: Carranza; Joel Herrera, Bogado, Juan Lojas e Retamozo; Huerta, Camarino, Ramúa e Ricardo Ramos; Rodríguez e Ferreira
Técnico: Freddy Garcia

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Souza, Lucas Silva; Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Dagoberto e Marcelo Moreno (Willian)
Técnico: Marcelo Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade