Futebol/Bastidores - ( )

“Dando conta do recado”, Wendel não teme possível rival para lateral

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET Atibaia (SP)

Após o Palmeiras confirmar nesta semana a venda do zagueiro e capitão Henrique ao Napoli (Itália), os torcedores do clube alviverde criaram expectativa de alguma possível contratação para o setor defensivo. A lateral direita, setor que deixou de ter Luis Felipe (em litígio com a diretoria), também foi cogitada para ser reforçada. Atuais titulares das posições, Wellington e Wendel aprovaram as possíveis chegadas de atletas e mostraram não temer disputa no elenco.

“Eu tenho dado conta do recado. Tomara que continue assim, mas é normal se acontecer a contratação de outro lateral, isso qualifica o grupo. O habitual é ter dois jogadores para posição. Temos o Bruno (Oliveira), que ainda é jovem. O acerto com outro jogador faria a disputa e o nível subir, seria bom”, afirmou Wendel, titular nos últimos três jogos pelo Campeonato Paulista.

Já o zagueiro Wellington, de 22 anos, tem recebido do treinador Gilson Kleina a incumbência de substituir Henrique. Criado nas categorias de base do clube alviverde, o atleta chegou ao profissional em janeiro de 2010, mas jamais conseguiu se fixar entre os titulares. Emprestado ao Atlético Sorocaba e ASA na última temporada, o defensor retornou ao time paulista neste ano e, na última quinta-feira, formou dupla com Lúcio no triunfo por 1 a 0 sobre o Penapolense.

“Esse problema (contratações) é mais do Gilson e da diretoria. Mesmo se eles acharem necessária a chegada de outro jogador, continuarei trabalhando para ficar a disposição quando for chamado. Além disso, temos o Victorino, o Tiago Alves e o Thiago Martins para o setor. Tentaremos dar conta do recado”, encerrou o zagueiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade