Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Dinamite promete pedir afastamento de auxiliar que prejudicou Vasco

Rio de Janeiro (RJ)

O erro do auxiliar Rodrigo Castanheira no Clássico dos Milhões do último domingo ainda tira Roberto Dinamite do sério. Presente em evento da campanha “Movimento Por um Futebol Melhor”, o presidente do Vasco mostrou irritação ao tratar do gol não confirmado pela arbitragem na derrota por 2 a 1 para o Flamengo, e promete pedir o afastamento do assistente para que não apite mais jogos do Cruz-maltino.

“Não tenho poder de vetar o árbitro ou auxiliar, mas o mínimo que vou fazer é pedir o afastamento dele (auxiliar) dos jogos do Vasco. Não quero ser prejudicado de novo. Todo mundo viu que a bola entrou, menos quem estava lá para ver. Até uma criança teria visto”, dispara o dirigente alvinegro.

Marcelo Sadio/Vasco
Em ano de eleições presidenciais, ação pode ser uma das últimas de Dinamite no comando do Vasco

Segundo Dinamite, o equívoco cometido pelo auxiliar prejudica o Vasco dentro e fora de campo, já que a perda de pontos no clássico pode resultar também em débito nos cofres do clube. “Nesse sentido é inútil ter um auxiliar atrás do gol. Além disso, gera um custo maior para o clube ter mais auxiliares. Para quem poderia estar a um ponto do líder, é ruim financeiramente, é ruim para os jogadores e para diretoria”, reclama.

Atualmente com 15 pontos, o Gigante da Colina ocupa a quarta colocação do Campeonato Carioca, a quatro pontos dos líderes Fluminense e Flamengo. O próximo compromisso do time de São Januário é contra o Bangu, em Moça Bonita, às 16 horas desta quarta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade