Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Diogo deixa lesões no passado para sonhar com títulos pelo Verdão

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Revelado pela Portuguesa, Diogo ganhou destaque no futebol nacional com suas boas atuações pelo time do Canindé logo no início de carreira. O futuro promissor, no entanto, não se confirmou na sequência. As mudanças de clube e as séries de lesões atrapalharam o jogador, que agora parece viver uma nova fase. No Palmeiras, o atacante de 26 anos espera deixar os momentos difíceis no passado e voltou a sonhar em conquistar títulos ao lado de seus companheiros no Palestra Itália.

“Eu comecei muito bem na Portuguesa, fui vendido muito cedo, e, na Grécia, o futebol não é visto como aqui. Também tive um período de lesões lá, assim como no Santos. No Flamengo, tive o momento mais difícil da minha carreira. Mas isso é passado, tenho a confiança do treinador e dos jogadores, estou muito feliz e espero dar continuidade”, projetou Diogo.

A confiança do atacante pode ser explicada pelo seu bom relacionamento com o atual elenco do Palmeiras. Mesmo no banco de reservas, o atacante vem se mostrando à vontade na Academia e tem correspondido ao longo dos jogos, quando é acionado por Gilson Kleina. Sendo assim, o atacante também não esconde a importância que o atual treinador alviverde tem neste momento.

“Se ele tem a confiança de todos os jogadores, é porque realmente é um bom treinador. O ambiente vivido pelo grupo no dia-a-dia é espetacular e quem está de fora vem entrando mostrando a mesma seriedade. Ele tem o grupo na mão, é bom para nós e para ele também”, elogiou o camisa 17 do Palmeiras, que já sonha em levantar uma taça ainda no primeiro semestre do centenário.

Com a melhor campanha do Campeonato Paulista, seis vitórias e dois empates, o Palmeiras vem apresentando um futebol vistoso neste início de temporada e começa a despontar como um dos candidatos ao título estadual – o que não é conquistado desde 2008. Ciente da força do atual elenco alviverde, Diogo ainda mantém a cautela e pede para que seus companheiros pensem jogo a jogo.

“Acredito que o Palmeiras vem forte, se vai ser campeão eu não sei, mas o Palmeiras vem forte. A gente fala nos vestiários para pensar em cada jogo, assim foi contra o Corinthians e também será contra o Ituano”, disse o atacante palmeirense, já projetando o próximo duelo pelo Campeonato Paulista, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra o Ituano, no Estádio do Pacaembu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade