Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Em baixa, Danilo ganha defesa de Mano e Gobbi por permanência

São Paulo (SP)

O meia Danilo perdeu a condição de titular no Corinthians e passou a conviver com a cobrança do torcedor, em meio à reformulação no elenco. No entanto, o técnico Mano Menezes e o presidente Mário Gobbi já avisaram que não pretendem antecipar a saída do jogador, que tem contrato apenas até o meio do ano.

“Não estou pensando na saída do Danilo. E ele não pediu para sair”, afirmou o treinador, defendendo o jogador das críticas. Mano Menezes deixa claro que não pretende incluir o meio-campista na lista de negociáveis, apesar de haver interesses de outras equipes.

A declaração de Mano foi dada logo depois do empate por 1 a 1 contra o Mogi Mirim, na noite de domingo. Depois de ter começado no banco de reservas, Danilo entrou no lugar do garoto Zé Paulo e melhorou o time, deixando o sistema ofensivo mais organizado.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Presidente e treinador dizem que Danilo não será incluído em reformulação do elenco
Na semana passada, o presidente Mário Gobbi também negou que tenha intenção de se desfazer do meio-campista nesta reformulação que já resultou nas saídas de Alexandre Pato (para o São Paulo), Ibson (Bologna-ITA) e Douglas (Vasco).

“O Danilo não joga todas. De acordo com a capacidade física dele, a equipe técnica diz quantos jogos pode fazer para depois ser preservado. Ele é um exemplo de profissional, líder deste grupo, e o Corinthians tem orgulho dele”, afirmou.

Apesar de o Botafogo ser apontado como um dos interessados por seu futebol, Danilo não demonstrou publicamente o interesse de sair do clube paulista antes do fim do contrato, em julho. O meia está no Corinthians desde 2010 e participou das conquistas recentes, como Brasileirão (2011), Libertadores (2012), Mundial (2012), Paulistão (2013) e Recopa (2013).

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade