Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

Em busca de auge europeu, City enfrenta Barcelona nas oitavas

Manchester (Inglaterra)

Detentor de um dos maiores poderes aquisitivos no futebol mundial na atualidade, o Manchester City segue em busca de colher os frutos dos grandes investimentos realizados nos últimos anos e conquistar o título da Liga dos Campeões da Europa. O time inglês tenta dar mais um passo rumo ao seu objetivo nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), quando mede forças com Barcelona, no Etihad Stadium, em partida válida pela ida das oitavas de final da competição continental.

Atualmente na terceira colocação na tabela de classificação do Campeonato Inglês, o City passa por bom momento nesta temporada e, no último sábado, superou o Chelsea nas oitavas de final da Copa da Inglaterra. Para o embate desta terça-feira, o treinador Manuel Pellegrini segue sem poder contar com o atacante Sergio Aguero (lesão no quadril), mas terá o retorno do volante brasileiro Fernandinho, que está recuperado de problemas musculares.

“Quando uma equipe joga contra o Barcelona, é sempre necessário considerar diversos aspectos importantes. O essencial é continuar sendo o mesmo time que temos sido semanalmente no Campeonato Inglês”, afirmou o técnico chileno.

Sem o atleta argentino, o Manchester tem como principal trunfo o meio-campista Yaya Touré. Apesar de atuar em função mais recuada, o volante já marcou 15 gols em 34 partidas nesta temporada e se consolidou como um dos principais artilheiros do City. Além disso, o marfinense acumula passagem pelo Barcelona, onde conquistou o título da Liga dos Campeões da Europa em 2008/2009.

“Precisamos de muita concentração e estar 100% contra o Barcelona. Se desejamos ser o melhor time do mundo, temos que derrotá-los, ser capaz de enfrentar uma equipe como esta. Temos a qualidade necessária para conquistar um bom resultado, mesmo sabendo que será difícil. Eles são muito fortes fisicamente e taticamente, mas faremos nosso melhor”, completou o meio-campista.

AFP
Ex-jogador do Barcelona, Yaya Touré é o principal nome do meio-campo do Manchester City

O Barcelona, por sua vez, busca reconquistar espaço entre os protagonistas do torneio continental depois de sucumbir por 7 a 0 (placar agregado) diante do Bayern de Munique nas semifinais da última edição. Após o fracasso no embate com o clube alemão, o time catalão passou por mudanças significativas, acertando com o treinador Gerardo Martino para o lugar de Tito Vilanova e, principalmente, contratando Neymar em negociação com o Santos.

AFP
Neymar soma três gols em seis jogos na Liga dos Campeões da Europa
O atacante brasileiro, inclusive, ainda não sabe se será titular no confronto em território inglês. Recuperado de entorse no tornozelo direito, o atleta retornou aos gramados no último domingo, saiu do banco de reservas e marcou bonito gol na vitória por 6 a 0 sobre o Rayo Vallecano. No entanto, a tendência é de que Lionel Messi, Pedro e Alexis Sánchez continuem formando trio ofensivo ou que Cesc Fábregas atue no setor.

“Temos que ser fortes na defesa. Atacamos muito durante os jogos e os rivais aguardam em seu campo defensivo para sair no contra-ataque. Não podemos permitir que o City mantenha a posse de bola”, encerrou Fábregas.

Na fase de grupos desta edição da Liga dos Campeões da Europa, o Manchester City somou 15 pontos e ficou na segunda colocação na Chave B, sucumbindo no critério de desempate de saldo de gols diante do Bayern de Munique (12 a 8). Por isso, o Barcelona, que ficou na liderança do Grupo H, com 13 pontos, tem vantagem de decidir as oitavas de final em casa, no estádio Camp Nou, às 16h45 (de Brasília), no próximo dia 12 de março.

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER CITY X BARCELONA

Local: Etihad Stadium, em Manchester (Inglaterra)
Data:
18 de fevereiro de 2014, terça-feira
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro:
Jonas Eriksson (Suécia)
Assistentes:
Mathias Klasenius(Suécia) e Daniel Wärnmark (Suécia)

MANCHESTER CITY: Joe Hart; Zabaleta, Kompany, Demichelis e Kolarov; Fernandinho, Javi García e Yaya Touré; David Silva e Nasri; Negredo
Técnico: Manuel Pellegrini

BARCELONA: Victor Valdés; Daniel Alves, Piqué, Puyol e Jordi Alba; Sergio Busquets, Xavi e Iniesta; Alexis Sánchez, Fábregas e Lionel Messi
Técnico: Gerardo Martino

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade