Futebol/Bastidores - ( )

Em carta, Drubscky discorda de demissão: "Trilhava o caminho certo"

Criciúma (SC)

Demitido do Criciúma nesta quinta-feira, o técnico Ricardo Drubscky escreveu uma carta aberta para repudiar a decisão da diretoria. De acordo com o treinador, que não resistiu ao empate com o Marcílio Dias, na última quarta, no Heriberto Hülse, o time “trilhava o caminho certo” na temporada.

Muito criticado pela torcida nas últimas partidas, o comandante acabou sendo mandado embora após três vitórias, três empates e uma derrota neste Campeonato Catarinense, em que a equipe carvoeira aparece na terceira colocação – e amarga o pior ataque da competição.

Lamentando a saída, Drubscky explicou que tentava inovar o futebol do Criciúma, mas revelou que algo estranho atrapalhou. “Agradeço aos torcedores que me apoiaram, fazendo contra um obscuro movimento de forças do mal que insurgiu à volta do clube quando do meu trabalho”, escreveu.

No final da nota, o mineiro disse que poderia ir muito além caso não fosse demitido. “Saio convicto de que trilhava o caminho mais correto, e que seria capaz de fazer o Criciúma crescer ainda mais no cenário esportivo mundial”, encerrou.

Enquanto a cúpula não acerta com um novo nome, Luizinho Vieira, da base, será responsável pelo comando interino. A expectativa é a de que um técnico chegue na segunda fase do Estadual, já aspirando a preparação para o Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade