Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Em casa, Audax vence Bragantino e complica mais Corinthians

Osasco (SP)

No estádio José Liberatti, em Osasco, o Audax bateu o Bragantino pelo placar de 1 a 0 e diminuiu ainda mais as chances do Corinthians de classificação às quartas de final do Campeonato Paulista. O gol foi marcado pelo lateral Didi. Com o resultado, os visitantes permanecem na terceira colocação do Grupo D.

Agora com 13 pontos, o Audax figura em terceiro lugar no Grupo B do Estadual. O Timão soma cinco a menos e aparece em último no mesmo chaveamento. Com seis rodadas a serem disputadas, as chances de classificação do Alvinegro são pequenas, mas não inexistentes. A equipe de Mano Menezes entra em campo nesta quarta, às 22h (de Brasília), para encarar o Oeste, no Benedito Teixeira, e uma vitória pode amenizar a situação.

Também na terceira posição de seu grupo, o Braga não tem mais chances de ser ultrapassado nesta nona jornada, já que o vice-líder Rio Claro perdeu e o quarto colocado Mogi Mirim apenas empatou, em 1 a 1, com o XV de Piracicaba.

O jogo – A pressão do Audax não demorou para começar. Jogando em casa, logo aos oito minutos Camacho fez fila na entrada da área e arriscou um chute. O desvio da bola quase encobriu o goleiro Rafael Defendi, mas, atento, ele se esticou e mandou para fora.

Outra bomba dos anfitriões veio aos 21 da etapa inicial. Denílson mandou de longe e levou perigo à meta do Massa Bruta, mas o arqueiro, novamente, salvou a pátria.

Aos 23 minutos, o Bragantino respondeu, finalmente, com uma pressão sobre a zaga. Aos 37, Denílson, do Audax, mandou na trave de Rafael. No entanto, o primeiro tempo terminou mesmo sem gols.

Na segunda etapa, o gol demorou apenas sete minutos para sair. Denílson arrancou pela direita e, de fora da área, arriscou um chute forte contra a meta adversária, a bola quicou e surpreendeu o goleiro Rafael Defendi, que rebateu e viu o lateral Didi mandar para o fundo das redes.

No fim do jogo, o Bragantino tentou pressionar, mas não conseguiu chegar ao gol de empate. Aos 47 minutos, Geandro cruzou na área e Léo Jaime quase marcou. No rebote, Gustavo chutou forte e viu a bola bater em Lincom e ir para fora da área, eliminando o perigo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade