Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Empate complica e faz Botafogo abrir mão do Estadual; Libertadores é foco

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O empate por 1 a 1 com o Volta Redonda na noite de quinta-feira, no Maracanã, não estava nos planos do Botafogo. Apesar de o técnico Eduardo Húngaro e os jogadores garantirem que não faltou motivação e que o time ainda está no páreo por uma vaga nas semifinais, dentro de General Severiano o clima é de total conformismo. Tanto que nos próximos dias os dirigentes irão se reunir com a comissão para traçar as metas para os jogos restantes pelo Estadual. Além disso, é certa a utilização dos reservas no clássico de domingo, às 16 horas (de Brasília), contra o Fluminense pela décima rodada. Isso porque o Glorioso volta a jogar pela Copa Libertadores na próxima quarta-feira, no Chile, diante da Unión Espanõla.

O Botafogo é o oitavo colocado com 12 pontos colocados, seis a menos que o Vasco, que hoje fecha a zona de classificação. A distância para a Cabofriense, terceira colocada e que era considerada o principal alvo botafoguense, é de sete pontos.

Mesmo optando pela desistência do Estadual, a ordem no Botafogo é para não confirmar o fato. Porém, o clube vai traçar estratégias para as cinco rodadas que faltarão após o clássico de domingo. A ideia é nas partidas próximas à Libertadores continuar usando os reservas. Já nas demais mesclar titulares e suplentes. Partidas disputadas às 16 horas(de Brasília) e com forte calor não envolverão atletas considerados chaves. Casos, por exemplo, dos duelos contra Macaé, no sábado de Carnaval, e contra Audax, dia 6 de março.

Divulgação/Botafogo F. R.
O time comandado por Eduardo Hungaro está a seis pontos da zona de classificação para as semifinais do Carioca

Com a decisão de não usar os titulares no Campeonato Carioca, o Estadual servirá para dar ritmo a atletas que serão reservas fundamentais na Libertadores e com chances, inclusive, de se tornarem titulares. Casos do lateral esquerdo Junior Cesar, dos volantes Mário Bolatti e Renato e do atacante paraguaio Pablo Zeballos, que ainda não estreou. Outros como o goleiro Helton Leite e o zagueiro uruguaio Mario Risso serão observados com carinho.

Além disso a competição seguirá servindo para dar experiência aos atletas promovidos das categorias de base e ritmo aos que retornem de lesão, como o lateral direito Lucas, que sofreu uma torção no tornozelo esquerdo que o tirou dos gramados desde a estreia no Estadual, no empate por 1 a 1 com o Resende. Ele já vem treinando com os companheiros.

Após o empate por 1 a 1 com o Volta Redonda, os jogadores voltaram a treinar nesta sexta-feira apenas para um trabalho regenerativo. Um recreativo na manhã deste sábado servirá para Eduardo Húngaro definir a formação que vai a campo diante do Fluminense. Já a viagem para o Chile acontecerá na próxima segunda-feira. O jogo contra o Unión Española será na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade