Futebol/Campeonato Gaúcho - ( )

Enderson critica primeiro tempo do Grêmio contra Juventude

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O técnico Enderson Moreira não saiu satisfeito de Caxias do Sul. Apesar de entender que seu time fez por merecer o empate em 1 a 1 com o Juventude, o treinador do Grêmio não gostou da atuação da equipe, especialmente no primeiro tempo do confronto, ocorrido neste domingo no Alfredo Jaconi.

“Não ficamos felizes com o empate. A gente sempre prepara a equipe para vencer, mas se não der, ao menos um ponto é melhor do que a derrota. O primeiro tempo foi muito abaixo da capacidade que a equipe tem de produzir. Nós conversamos no intervalo para buscar melhorar, e merecemos o resultado no segundo tempo” avaliou o técnico tricolor.

Segundo o treinador, o Grêmio deve entrar com o time titular sempre que possível no Gauchão. Mesmo que a Libertadores seja a prioridade, o clube quer voltar a conquistar o estadual, algo que não ocorre desde 2010. Por isso, o Gre-Nal do próximo domingo deve ser com o time principal, mesmo que a equipe estreie no torneio continental na quinta-feira seguinte, dia 13.

“Queremos participar de tudo com força máxima. Vejo sempre o próximo jogo como o mais importante. A nossa ideia é fazer jogos cada vez melhores e contar sempre com o time mais forte possível”, garantiu. Antes do clássico, o Grêmio recebe o Veranópolis, nesta quarta, na Arena.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade