Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Falta de iluminação cancela treino da Raposa no estádio de Huancayo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O treino do Cruzeiro de reconhecimento do gramado do estádio de Huancayo, no Peru, não aconteceu. A atividade seria a última do Cruzeiro antes do jogo desta quarta-feira, contra os peruanos do Real Garcilaso, na estreia celeste na Libertadores.

Os atletas até iniciaram o treino debaixo de chuva e, quando havia se passado apenas 15 minutos, a administração do estádio simplesmente apagou os refletores, encerrando as atividades do atual campeão brasileiro, o que revoltou bastante a diretoria, comissão técnica e os jogadores da equipe mineira.

Divulgação/Cruzeiro E. C.
Reconhecimento do estádio Hauncayo, do Real Garcilaso, só durou 15 minutos para os cruzeirenses
A justificativa da administração do estádio foi a falta de combustível em um dos geradores. A diretoria do Cruzeiro se ofereceu para pagar o combustível, mas não teve o pedido aceito e o treinamento teve que ser cancelado. A falta de traves e de marcação no gramado também chamou atenção.

Apesar do incidente, o atacante boliviano Marcelo Moreno aposta na qualidade e na preparação feita do Cruzeiro, como garantia de mais uma grande atuação da Raposa. “Nossa equipe está muito bem, vamos tentar fazer uma grande partida e buscar os três pontos, que serão muito importantes nesse nosso início de caminhada na Libertadores”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade