Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Flamengo visita mexicano León pela estreia na Libertadores

Gazeta Press León (México)

O Flamengo estreia na Libertadores nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), já com um difícil compromisso pela frente. O time visita o Léon, campeão mexicano, no estádio León, conhecido também como “Nou Camp” da América Latina. O jogo é válido pelo Grupo 7, que conta ainda com o Bolívar, da Bolívia, e o Emelec, do Equador. O Rubro-Negro, que se classificou para o torneio por ter vencido a Copa do Brasil, tem a competição continental como a sua prioridade para esta temporada, tanto que vem alternando titulares e reservas no Campeonato Carioca, em que divide a liderança com o Fluminense.

A boa situação no Estadual, porém, ainda não está deixando a torcida tranquila quanto às chances do time na Libertadores. Isto porque no sábado a equipe perdeu por 3 a 0 para o Flu e mostrou uma fragilidade assustadora no setor defensivo. Mesmo assim, os jogadores consideram que o que aconteceu diante do Tricolor carioca é parte do passado.

“O Flamengo errou contra o Fluminense, mas isso não diminui em nada o bom desempenho que estamos tendo nesta temporada e que tivemos na Copa do Brasil. Portanto, tenho plena convicção de que aquele resultado em nada vai atrapalhar o nosso desempenho contra o León. Estamos trabalhando há algumas semanas focados nesta partida e chegou o momento de colocarmos em prática aquilo que projetamos”, disse o lateral-direito Leonardo Moura.

Divulgação/Flamengo
Contra o mexicano León, Hernane é aposta para Flamengo conquistar primeiros pontos na Libertadores
Já o técnico Jayme de Almeida passou as últimas semanas preocupado em colher o máximo de informação sobre o adversário desta quarta. O treinador considera que o Rubro-Negro vai encontrar muitas dificuldades neste primeiro confronto.

“Trata-se de um time que ganhou com autoridade o Campeonato Mexicano e que conta com jogadores experientes e consagrados. Teremos muitas dificuldades. É um confronto em nível de Libertadores e isso fala por si só. Sabemos que esse primeiro jogo tem um lado estratégico, pois pode dar moral para o time conseguir fazer uma grande primeira fase. Portanto, trabalhamos os últimos meses pensando neste jogo e na Libertadores em si. Agora é colocar em prática tudo o que foi pensado”, disse Jayme, sem admitir que o elenco vem tratando a estreia como o jogo mais complicado da chave.

Em termos de escalação, mesmo o elenco evitando ligar a derrota para o Fluminense com esse jogo, a formação pode sofrer uma mudança por conta do mau desempenho no clássico. O zagueiro equatoriano Frickson Erazo, da seleção de seu país e contratado do Barcelona de Guayaquil com status de titular, falhou nos jogos em que entrou e pode ser barrado para a entrada de Samir.

Pelo lado do León existe a expectativa de um jogo muito movimentado e de bom nível técnico. “O Flamengo, como qualquer equipe brasileira, joga de maneira muito ofensiva, buscando sempre o melhor resultado. Com a posse de bola eles vão partir para cima mesmo como visitantes. Também temos características bem ofensivas e a minha expectativa é de um bom jogo, muito disputado e de qualidade”, afirmou o atacante Mauro Boselli, um dos destaques do León.

O técnico Gustavo Matosas tem uma dúvida para montar a sua equipe. O zagueiro Rafa Márquez, com dores na coxa direita, é dúvida e pode ficar de fora. Astro da seleção mexicana, ele seria um desfalque considerável. Caso não atue, Onay Pineda deve ficar com o posto.

FICHA TÉCNICA
LEÓN-MEX X FLAMENGO

Local: estádio León, em León (México)
Data: 12 de fevereiro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: José Buitrago (Colômbia)
Assistentes: Wilmar Navarro e Rafael Rivas (ambos da Colômbia)

LEÓN: William Yarbrough; Jonny Magallón, Rafa Márquez (Onay Pineda), Nacho González e Aris Hernández; Luis Montes, Gallo Vázquez, Gullit Peña e Elías Hernández; Sebastián Maz e Mauro Boselli
Técnico: Gustavo Matosas

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Wallace, Frickson Erazo (Samir) e André Santos; Amaral, Muralha, Elano e Everton; Paulinho e Hernane
Técnico: Jayme de Almeida

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade