Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Fluminense consegue vitória magra sobre Bangu e encosta na liderança

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Um gol de Michael aos 27 minutos do primeiro tempo foi suficiente para o Fluminense derrotar o Bangu, por 1 a 0, neste sábado, em Moça Bonita. O resultado fez o Tricolor das Laranjeiras chegar aos dez pontos e assumir a segunda posição no primeiro turno do Campeonato Carioca, sendo superado pelo Flamengo, que joga neste domingo, no saldo de gols. O Bangu segue com cinco pontos, em décimo.

A exemplo do que tinha acontecido na partida diante do Resende, o Fluminense jogou apenas o suficiente para vencer. Fez um bom primeiro tempo, mas caiu muito de rendimento na etapa final, permitindo que o adversário assumisse o controle da partida. O Bangu só não chegou ao empate, por causa das boas defesas de Diego Cavalieri.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Audax, no Moacyrzão. O Bangu vai encarar a Cabofriense, no Alair Corrêa.

Arte GE.Net
O jogo - Em função do forte calor, as equipes começaram a partida com muita lentidão. O Fluminense trocava passes e o adversário esperava no campo de defesa para evitar o desgaste inicial. O Tricolor carioca chegou pela primeira vez,com perigo, aos oito minutos, em chute de Conca que exigiu boa defesa do goleiro Rafael.

A resposta banguense levou pânico à defesa tricolor. Wendel recebeu na esquerda, tabelou com Willen e entrou livre na área, mas tentou deslocar o goleiro Diego Cavalieri e mandou para fora, desperdiçando a primeira grande chance de gol da partida.

Aos 14 minutos, o volante Juninho tentou afastar a bola da sua área e acabou sendo bloqueado por Diguinho. Michael aproveitou a sobra, mas seu chute acabou desviado por Luiz Felipe e o Tricolor acabou ganhando, apenas, um escanteio.

O lance animou a equipe de Renato Gaúcho que passou a pressionar. Aos 16 minutos foi a vez do lateral Bruno chutar de esquerda e assustar o goleiro Rafael. Aos 19 minutos, Conca recebeu bom passe de Michael e enfiou para Rafael Sobis que entrava pelo meio. O atacante mandou a bomba e a bola explodiu na trave direita de Rafael que estava batido no lance.

Depois da parada técnica, o Tricolor das Laranjeiras seguiu no ataque e, aos 20 minutos, após cobrança de falta, o zagueiro Gum ganhou da zaga, mas cabeceou para fora. O Bangu não conseguia sair da pressão tricolor e recuou até os atacantes para tentar bloquear as jogadas.

Em lance polêmico, a bola tocou na mão de um jogador do Bangu dentro da área, o que provocou grande reclamação por parte de jogadores e comissão técnica do Fluminense. O árbitro chegou a interromper o jogo para advertir Renato Gaúcho.

Aos 27 minutos, o Fluminense marcou o primeiro gol. Depois de cercar a área do Bangu, a bola sobrou para Jean que cruzou para Michael meter a cabeça e colocar no canto direito de Rafael. Depois de sofrer o gol, o time de Moça Bonita tentou adiantar a marcação, mas os seguidos erros de passe impediam que a equipe conseguisse se aproximar da área tricolor.

Aos 40 minutos,a bola foi lançada para Cristiano. O meia tentou "matar" a bola no peito e ela escorreu para as mãos de Diego Cavalieri. No minuto seguinte, Juninho derrubou Rafael Sobis que tentava penetrar na área. Sobis bateu colocado e a bola passou bem perto da trave direita.

Photocamera
O atacante Michael marcou no primeiro tempo o gol da magra vitória tricolor em Moça Bonita
O Bangu voltou para o segundo tempo disposto a buscar o gol de empate. O time dirigido por Mazolinha tentava encurtar os espaços, mas encontrava bem postado na defesa e que permitia pouco espaço para as finalizações.

Aos seis minutos, depois de receber passe de Rodrigo Dantas, o lateral Felipe Foca chutou forte e obrigou Diego Cavalieri a fazer uma grande defesa, espalmando para escanteio. Aos dez minutos, o Tricolor chegou pela primeira vez na área do Bangu. Bruno investiu pela direita, invadiu a área, mas errou ao tentar lançar Michael que entrava pelo meio.

Aos 16 minutos, o goleiro Diego Cavalieri tentou colocar a bola em jogo, mas acabou acertando as costas de Elivélton. A bola voltou e encobriu o goleiro que teve agilidade suficiente para se recuperar. Aos 19 minutos, Conca fez passe perfeito para Michael, mas o atacante desperdiçou a chance de ampliar, batendo por cima do travessão.

O ritmo da partida caiu bastante. Os dois times mostravam mais cansaço do que criatividade e encontravam muitas dificuldades para concluir as manobras ofensivas. Aos 28 minutos, Rafael Sobis arrancou da esquerda e mandou a bomba, mas a bola encobriu o gol de Rafael. A resposta do Bangu veio em chute de Felipe Foca que não levou perigo.

Aos 32 minutos, Almir bateu falta com um chute colocado e Diego Cavalieri evitou o gol de empate, saltando no ângulo e espalmando a bola para escanteio. Biro Biro teve uma boa chance aos 41 minutos quando escapou livre, mas acabou sendo bloqueado pelo zagueiro Heitor, irritando o técnico Renato Gaúcho que pedia o passe para Rafael Sobis que entrava livre pelo outro lado.

Nos minutos finais, o Fluminense segurou a bola no ataque, evitou que o adversário fizesse pressão e, assim, garantiu o resultado positivo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade