Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Fluminense convoca a torcida para jogo contra Boavista

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Os duelos entre os grandes clubes do estado contra as equipes de menor investimento não esgtão conseguindo atrair a atenção dos torcedores no Campeonato Carioca. Tanto que a média de público da competição é uma das mais baixas. Porém, mesmo diante deste cenário, o Fluminense espera aproveitar o bom momento no Estadual para começar a mudar a realidade a partir do encontro deste sábado, às 19h30(de Brasília), contra o Boavista, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela oitava rodada.

Desde que acabou o clássico contra o Flamengo, vencido pelo Fluminense por 3 a 0, que os jogadores tricolores trataram de convocar os torcedores para comparecerem em peso contra o Boavista.

"Nós somos mais fortes quando contamos com o apoio da torcida do Fluminense, que vem mostrando a cada ano, a cada competição a sua força e a vontade de ajudar o time. O Fluminense se encontrou na competição, logicamente tendo muito a evoluir. Mas a boa sequência de resultados mostra que estamos encontrando o melhor caminho e isso é o mais importante", disse o zagueiro Gum.

O atacante Rafael Sobis pensa de maneira parecida. "Nós queremos muito que o nosso torcedor possa comparecer no sábado e incentivar o Fluminense a conquistar mais uma vitória no Campeonato Carioca. Se somarmos mais três pontos vamos nos aproximar ainda mais do nosso objetivo primeiro que é a classificação para as semifinais. Portanto, essa química que vem dando certo com a torcida precisa permanecer", disse Rafael Sobis.

A preocupação com a presença de público chegou até o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, que em seu perfil em uma rede social convocou os torcedores a lotarem o estádio e anunciou uma promoção: "Dica para todos os nossos sócios: a venda de ingressos para Fluminense x Boavista já foi aberta! A partida será no próximo sábado, às 19h30, no Maracanã. O valor do ingresso é R$ 30 para o Setor Sul. Sócios proprietários ou contribuintes com o pacote futebol não pagam. Já quem é sócio-futebol paga apenas R$ 15. Convoco os tricolores para encherem o estádio, afinal, somos líderes do campeonato. Vamos apoiar o Time de Guerreiros e torcer para conseguirmos a sexta vitória consecutiva".

O dirigente vem se caracterizando por lutar pela redução dos preços dos ingressos, que estão sendo considerados caros para a maioria dos jogos. O fato gerou inclusive alguns atritos com o Flamengo antes do clássico passado, quando a política de valores ficou a cargo dos flamenguistas e o preço do bilhete mais barto saiu a R$ 100, gerando a revolta dos tricolores.

"Nós estamos conseguindo transformar o Maracanã a nossa casa justamente por conta da política de ingressos que estamos realizando, dentro no perfil do futebol brasileiro", disse Peter.

Dentro de campo o técnico Renato Gaúcho ainda não definiu a escalação que pretende mandar a campo, o que só deverá acontecer no treino previsto para a manhã desta quinta-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade