Futebol/Bastidores - ( )

Gaviões diz não compactuar com invasão, mas ataca elenco corintiano

São Paulo (SP)

Principal torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel se manifestou publicamente nesta segunda-feira sobre os episódios ocorridos no Centro de Treinamento Joaquim Grava, na manhã do último sábado. A entidade afirmou que não compactua com a violência adotada por alguns torcedores durante a invasão ao local, mas aproveitou para criticar a postura adotada por alguns jogadores do Timão e, principalmente, a blindagem sobre os atletas.

“Em nenhum momento, a diretoria dos Gaviões da Fiel Torcida compactuou para que houvesse um protesto com atos de vandalismo”, afirma a nota oficial da organizada, que promete punição aos envolvidos. “Temos consciência da gravidade dos fatos ocorridos e, sendo provado que algum associado dos Gaviões esteve envolvido em atos de roubos ou agressões, o mesmo será punido conforme reza o Estatuto da entidade”.

Na nota oficial divulgada nesta segunda, a torcida organizada também aproveita para criticar a postura dos jogadores que atualmente vestem a camisa do Corinthians. De acordo com a Gaviões da Fiel, há um claro desleixo de alguns jogadores do elenco, mas a atual diretoria prefere blindá-los. A entidade compara as regalias dos atletas do Timão com aquelas que são recebidas pelos políticos brasileiros.

“Quanto ao elenco e a administração atual do Corinthians, é um absurdo que cobrem do torcedor uma paciência complacente. Jogadores de futebol estão sendo blindados em suas profissões do mesmo modo que os políticos corruptos do nosso país. Estão sendo tratados como celebridades, mimados e idolatrados a um ponto, em que o fato de não exercerem suas funções com a devida responsabilidade é encarado de forma natural”, critica a Gaviões da Fiel, que ainda acrescenta.

“Nenhum trabalhador brasileiro assalariado tem direito a tais regalias, muito pelo contrario, enfrentam jornadas absurdas com todos os tipos de constrangimentos e humilhações para ganhar na vida o que um jogador celebrado ganha em um mês. O que os Gaviões têm observado é uma total falta de comprometimento, um verdadeiro roubo ao Sport Club Corinthians Paulista. Não estamos cobrando títulos, nem jogadas bonitas, queremos apenas que honrem a camisa do glorioso Corinthians, honrem os salários milionários que ganham e lhes dão direito a suas vidas luxuosas”, completou a torcida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade