Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Geuvânio sai em defesa de corintianos e apoia greve na rodada

Do correspondente Diego Diegues Santos (SP)

O atacante Geuvânio, de 21 anos, um dos principais jogadores do Santos neste início de temporada, saiu em defesa dos jogadores do Corinthians, que sofreram com um protesto violento da torcida no último sábado, quando o clube teve o Centro de Treinamento invadido. O meia inclusive apoia uma atitude mais drástica dos atletas do Campeonato Paulista, que estão propondo uma greve.

“Lamentáveis as cenas. É preciso tomar atitudes, porque é complicado ver uma situação como essa acontecer. Eu estou do lado dos jogadores (Bom Senso) e irei apoiar o que ele decidirem fazer”, disse.

Após marcar o seu primeiro gol com a camisa do Santos, em 16 jogos, Geuvânio afirmou que estava bastante ansioso em balançar as redes adversárias, mas que agora está mais tranquilo e confiante. "Estou feliz pelo primeiro gol ter acontecido. Estava me atrapalhando muito e estava bastante ansioso. Finalmente saiu", ressaltou.

O atacante também falou sobre a entrada de Leandro Damião, no lugar de Gabriel, artilheiro santista no Campeonato Paulista, com quatro gols. “Não muda muita coisa com a entrada de Damiao. A diferença é que ele vai segurar um pouco mais a bola lá no ataque. Eu acho que ele está preparado e para nós é uma felicidade enorme contar com ele. Vimos que ele está bastante ansioso para jogar e com certeza vai arrebentar no jogo”, afirmou.

Divulgação/Santos FC
Contra o Botafogo-SP, Geuvânio marcou seu primeiro gol com a camisa do Santos

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade