Futebol - ( - Atualizado )

Gil vibra com meta enfim intacta e diz que zaga corintiana está se acertando

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Após mais de um mês sendo vazada em todos os jogos, a defesa do Corinthians teve finalmente segurança para encerrar uma partida sem ter a rede balançada, na última quarta-feira, no triunfo por 3 a 0 sobre o Comercial. O fato foi bastante comemorado pelo zagueiro Gil, que ainda deixou sua marca na frente.

“A gente está tentando se acertar ali. Sabemos que é um pouco difícil, mas, na última partida, não tomamos gol. Era o que a gente vinha falando e tentando. É ter tranquilidade porque as coisas estão se acertando, e isso vamos conseguir no decorrer dos jogos. Vamos continuar trabalhando”, afirmou.

O Corinthians tomou 16 gols em 11 partidas no Campeonato Paulista. Titular desde o início da temporada, Gil já teve três parceiros na zaga. Paulo André partiu para a China, Felipe teve um desempenho péssimo, e agora é a vez de Cleber, escalado nas últimas duas rodadas.

O camisa 3 vem tendo um desempenho razoável, claramente superior ao de Felipe, e a proteção à defesa tem sido maior. O técnico Mano Menezes, que havia aberto a retaguarda na busca por uma produção ofensiva maior, parece ter achado seu esquema com três volantes, formando um meio de campo mais consistente.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gil foi à rede na última quarta e comemorou bastante que o Comercial não tenha feito o mesmo
Mais bem protegido, Gil cresceu de produção após algumas atuações abaixo do que exibiu em sua ótima temporada passada. Com a saída de Paulo André, ele passou da zaga central para a quarta zaga e espera ganhar um entrosamento com seu novo companheiro.

“Tenho um relacionamento legal com o Cleber e com todo o mundo. No ano passado, eu ficava mais do lado direito. Agora, estou no esquerdo. Para mim, não faz tanta diferença. Vamos trabalhando. O pessoal na frente tem tranquilidade para fazer o gol, e a gente vai se acertando atrás”, repetiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade