Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Insatisfeito, Marquinhos Santos afirma que Bahia merecia vencer o Ba-Vi

Salvador (BA)

O empate em 1 a 1 no Ba-Vi do último domingo deixou Marquinhos Santos aliviado, mas não satisfeito. O Tricolor de Aço segue sem empolgar na temporada, mas o resultado pelo menos não aumenta a pressão sobre o treinador do Bahia, que entende que seus comandados foram melhor no clássico e mereciam o triunfo.

“Não saio satisfeito com o placar. Se houvesse um vencedor, teria que ser o Bahia. Tivemos oportunidades no primeiro tempo e no segundo tempo o Lomba não fez nenhuma defesa”, analisa o técnico, lembrando a baixa produção do setor ofensivo adversário na etapa final.

Com o cargo ameaçado, Marquinhos Santos agora tem dez dias para trabalhar a equipe antes do próximo compromisso pelo Campeonato Baiano e garante que o tempo será suficiente para que o Bahia evolua nas próximas rodadas.

“A equipe já compactou melhor e a transição ocorreu de maneira melhor. Isso foi um ponto determinante, juntamente com o equilíbrio emocional”, analisa o treinador, exaltando o trabalho psicológico feito pelo elenco. “Nas últimas partidas, o time tinha um descontrole e se desarrumava. Hoje está tendo uma concentração melhor, o trabalho feito com a psicóloga do clube fez com que o grupo tivesse mais concentração”, completa.

Os comandados de Marquinhos Santos têm chance dar fim à má fase no próximo dia 5, quando encaram o Galícia, fora de casa, pela quinta rodada do estadual. Com cinco pontos, o Bahia lidera o grupo B, mas é seguido de perto por Juazeirense e Catuense, que têm um ponto a menos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade