Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Jayme dispara contra arbitragem: “Nunca vi tão ruim igual a esse”

León (México)

Jayme de Almeida elogiou o desempenho do Flamengo, mesmo com a derrota por 2 a 1 diante do Léon, no México. O treinador acredita que, diante todas as dificuldades impostas na partida, seus comandados se comportaram bem. As críticas do técnico, portanto, ficaram voltadas à arbitragem, que marcou dois pênaltis a favor dos donos da casa.

“Ele deu dois pênaltis que não foi nada, expulsou um jogador nosso, deu um monte de cartões amarelos e não fez nada contra o time mexicano. Não gosto de falar de arbitragem, mas nunca vi um árbitro tão ruim igual esse. Eu não sei o árbitro é caseiro, mas sei que hoje ele foi muito mal”, esbravejou Jayme de Almeida, bastante chateado com o resultado.

Logo aos 12 minutos do primeiro tempo, o volante Amaral exagerou na força ao dividir com o adversário e acabou expulso. Os flamenguistas, que se irritaram com o rigor do árbitro, ficaram ainda mais contrariados com o pênalti marcado a favor dos mexicanos. Hernane se enrolou com o atacante anfitrião, que ficou no gramado e viu o árbitro apontar a marca da cal.

O lance gerou muitos protestos, mas o árbitro seguiu mostrando insegurança, irritando os flamenguistas. Até mesmo no gol do time brasileiro, o colombiano José Buitrago se enrolou na hora de confirmar o lance a favor da equipe rubro-negro. O número excessivo de cartões também foi questionado, assim como o segundo pênalti marcado a favor dos mexicanos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade