Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Jô dedica vitória a Emerson; Tardelli expõe carência física do Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG segue sem mostrar um futebol de qualidade em 2014, mas mesmo assim conseguiu vencer de virada o Nacional, de Muriaé, em jogo realizado no Independência. O destaque da partida foi o avante Jô, que anotou os dois gols do Galo e admitiu que a partida foi difícil. O jogador ainda fez questão de dedicar a vitória ao zagueiro Emerson, que sofreu fratura na perna e deixou o estádio de ambulância.

"Estava complicado, mas temos que superar algumas coisas. Só o segundo jogo, mas estamos adquirindo a forma física e a técnica atuando nas partidas. O segundo tempo foi melhor que o primeiro, teve a lesão do Emerson que nos deixou abatidos, mas dedicamos a ele essa vitória. Foi um lance feio, preocupante, teve a fratura pela maneira que aconteceu a jogada e essa vitória foi para ele e para nós que estamos nos superando”, declarou.

Já Diego Tardelli comemorou a volta das vitórias ao dia a dia do Atlético-MG. Segundo ele, era importante o time voltar a ganhar depois de estrear com um futebol ruim diante do Minas Boca, em Sete Lagoas. O jogador ainda lembrou que o time não tem 100% das condições físicas e tem atuado na base da superação e da qualidade técnica.

“É importante a gente voltar a vencer já que não jogamos tão bem o primeiro jogo. A gente entende que não estamos no 100% da condição física, mas a qualidade de cada atleta vale muito em um momento como este. Um jogo difícil, contra um adversário complicado, mas a gente teve tranquilidade nos dez minutos finais para empatar e virar o jogo”, comentou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade