Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Jogadores salientam vitória do Grêmio em partida difícil na Arena

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O placar de 3 a 0 sobre o Atlético Nacional foi imponente, mas pode esconder as dificuldades que o Grêmio viveu durante a partida desta terça-feira, na Arena. A equipe colombiana deu trabalho ao Tricolor e não se intimidou com o fato de jogar fora de casa, criando chances de gol. A força demonstrada pela equipe visitante, apesar dos 3 a 0, valoriza ainda mais o resultado gremista, de acordo com a avaliação dos próprios jogadores.

“Resultado importante, ainda mais com um rival tão difícil quanto o Atlético Nacional, que veio aqui e tentou se impor. Foi uma vitória contundente, o time jogou muito bem”, exaltou o centroavante Barcos. “A gente sabia que era um jogo difícil, mas o espírito da Libertadores é esse: pegada e, quando tiver chances de gol, tem de fazer. É bom a torcida sair contente, mostramos um grande futebol”, avaliou o lateral esquerdo Wendell.

AFP
Hernán Barcos considerou a vitória gremista "contundente" na Arena (Foto: Jefferson Bernardes)
O zagueiro Werley destacou a consistência tática do Grêmio durante o jogo: “tivemos uma postura defensiva muito boa. O time foi compacto durante a partida. Venceu o melhor: o placar podia ter sido maior, mas ficou de bom tamanho”, analisou, para a seguir projetar a situação do Tricolor no grupo 6: “somos os líderes. Foi importante fazer o dever de casa para buscarmos esta classificação o mais rápido possível”.

Autor do primeiro gol, Luan explicou o lance após a partida. “Lançaram a bola para mim e eu parti de trás. Não me preocupei com impedimento”, resumiu o garoto, que entrou livre e fez 1 a 0 mesmo com o bandeira assinalando impedimento passivo de Riveros, marcação ignorada de forma correta pelo árbitro Patricio Polic.

A vitória sobre o Atlético Nacional deixa o Grêmio sozinho na liderança do grupo 6 da Libertadores, com seis pontos. Os colombianos têm três, enquanto Newell’s e Nacional-URU, que se enfrentam nesta quinta, dividem a lanterna, com zero. No próximo dia 13, o Tricolor recebe a equipe argentina na Arena. Uma vitória encaminha de vez a classificação às oitavas de final.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade