Futebol - ( - Atualizado )

Lúcio aponta dor de cotovelo de Materazzi: "Mau-caráter e recalcado"

William Correia São Paulo (SP)

Lúcio se contém ao falar do São Paulo, clube que considerou tê-lo humilhado em 2013, mas não poupou críticas a Marco Materazzi. Ao rebater as declarações do ex-colega de Inter de Milão, que lhe sugeriu aposentadoria e revelou ameaças do técnico José Mourinho por suas subidas ao ataque, o zagueiro do Palmeiras contestou até o caráter do italiano.

“Como jogador, mostrou que era um mau caráter que entrava para machucar. Eu jogava ao lado dele e já o ouvi dizer que entrava em campo para machucar os adversários. Ficou marcado por isso e está se postando da mesma forma fora de campo, como mau caráter”, afirmou Lúcio.

Em entrevista ao jornal Lance!, Materrazzi disse que “não dá para saber o que se passa na cabeça do Lúcio. Ele não fala com ninguém, é um cara muito fechado”, “Deveriam erguer uma estátua para o Samuel, jogar ao lado do Lúcio não é nada fácil...” e que, na final da Liga dos Campeões de 2010, “Mourinho advertiu o Lúcio: ‘Se você pegar a bola e subir ao ataque daquele jeito maluco, vou te tirar na hora’. Com menos de cinco minutos o Lúcio foi ao ataque, acabou desarmado e tomamos um contragolpe nos pés do Olic. O Mourinho ficou maluco. Só não tirou o Lúcio porque era começo do jogo. No intervalo, o Mourinho ameaçou: ‘Lúcio, se você fizer aquela porcaria de novo eu te mato!’”.

“É um pouco de recalque que ele tem, sem dúvida por ser jogador da posição. Quando eu fui em 2009, a Inter não passava das oitavas da Liga dos Campeões”, atacou Lúcio, campeão do torneio em sua primeira temporada no clube. “É difícil falar do Materazzi porque, quando fui para a Itália em 2009, a última vez que eu tinha o visto jogar bem foi em 2006. Tem um fundo de dor de cotovelo”, prosseguiu.

“Com o Mourinho, sempre tive um relacionamento muito bom. Tem uma frase que me deixou muito feliz, estampada pela imprensa mundial, em que ele dizia que se fosse para a guerra o primeiro que ele levaria seria eu”, continuou Lúcio, escolhendo todas as duras palavras que usou para definir o ex-colega italiano.

Divulgação
Veterano não poupou críticas ao ex-colega (Crédito da foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)


Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade