Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Lusa visita Audax em busca da reação e primeira vitória no Estadual

São Paulo (SP)

Um empate, três derrotas e saldo negativo de três gols: estes são os primeiros números da Portuguesa no Campeonato Paulista. Neste domingo, às 10 horas (de Brasília), a Lusa visita o Grêmio Osasco Audax em busca da reação e da primeira vitória na competição estadual.

Quarto colocado do Grupo C, com apenas um ponto, o time rubro-verde ligou o sinal de alerta após a derrota de 2 a 1 para o Botafogo-SP, em pleno Canindé. Com um elenco muito limitado, a equipe já se distanciou da classificação aos mata-matas e começou a pensar em um novo rebaixamento.

Enquanto isto, o Audax se animou depois do triunfo sobre o São Bernardo, invicto até então, e se manteve próximo do próprio Botafogo-SP e do XV de Piracicaba, líderes da chave B, a mesma do Corinthians. Atualmente, a diferença para a zona de classificação é de só um tento.

Arte GE.Net
Único titular que ficou para esta temporada, o zagueiro e capitão Valdomiro admitiu as dificuldades encontradas pelos comandados do técnico Guto Ferreira neste início de Paulista, mas também se mostrou confiante na recuperação.

“Acredito no trabalho, não em milagre. Estamos fazendo um time novo em um curto espaço de tempo. Se algumas equipes maiores estão tendo dificuldades, imagine nós, que perdemos praticamente todo mundo. Isso leva tempo, precisamos entrosar mais, mas estou esperançoso”, disse.

Além do mau momento, a Portuguesa deverá ter mais um adversário duro neste domingo: o calor, já que o duelo é de manhã. “Esse horário complica ainda mais, mas vamos ter que jogar. Sabemos que será difícil, mas acho que podemos ganhar”, finalizou Valdomiro.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO OSASCO AUDAX X PORTUGUESA

Local:
Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco (SP)
Data: 2 de fevereiro de 2014, domingo
Horário: 10 horas (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes:
João Edílson de Andrade e Maiza Teles Paiva

GRÊMIO OSASCO AUDAX:
Felipe Alves; Velicka, Francis, João Paulo e André Castro; Nenê Bonilha, Tchê Tchê, Camacho e Denilson; Caion (Thiago Silvy) e Rafinha
Técnico: Fernando Diniz.

PORTUGUESA: Gledson; Régis Souza, Diego Augusto, Valdomiro e Bryan; William Magrão, Renan, Vander e Wanderson; Giovanni e Henrique
Técnico: Guto Ferreira

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade