Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Mano culpa a defesa por quarta derrota consecutiva do Corinthians

São Paulo (SP)

O técnico Mano Menezes culpou o desempenho defensivo do Corinthians por mais uma derrota no Campeonato Paulista – a quarta consecutiva. Sua equipe atuou com uma dupla de zaga reserva, formada por Cleber e Felipe, porque os titulares Gil e Paulo André cumpriram suspensão no tropeço por 2 a 1 para o Bragantino, nesta quarta-feira, no Pacaembu.

“Fizemos um bom jogo, criamos várias oportunidades e tivemos volume, mas tomamos dois gols de forma difícil para aceitar em uma equipe do nosso nível. No primeiro, o adversário nem chutou. E tem acontecido isso. No jogo passado, contra a Ponte Preta, também oferecemos facilidade nos dois gols”, reclamou Mano.

Nesta noite, o primeiro gol do Bragantino foi marcado contra, por Felipe. No segundo, Cleber caiu e não conseguiu acompanhar o atacante Tássio, que teve liberdade para ir à linha de fundo, acertar as traves e ainda completar de cabeça para a rede. Ainda assim, Mano não quis citar nomes em seu desabafo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Cleber teve a chance de ser titular, mas repetiu os erros de outros defensores do Corinthians
“Tivemos a superioridade numérica (Francesco foi expulso no segundo tempo), mas aconteceram as falhas individuais. Não vou colocar no ombro desse ou daquele jogador. Somos uma equipe. Precisamos estar mais concentrados para poder mudar a história. É isso o que vamos fazer”, bradou.

Embora com o semblante preocupado, Mano Menezes não perdeu as mudanças de mudar a história não somente da defesa do Corinthians. “Precisamos ajustar esses detalhes, mas diria que saio do jogo de hoje mais convicto de que encontraremos o caminho. Melhoramos em alguns aspectos”, confiou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade