Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Mano elogia maturidade do Corinthians em jogo que “não foi brilhante"

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O técnico Mano Menezes sabe que o placar da vitória por 3 a 0 do Corinthians sobre o Comercial, com dois gols marcados no finalzinho, não é um bom retrato do que foi o jogo no Pacaembu. De qualquer maneira, ele gostou do comportamento da equipe na busca pelo resultado diante de um adversário que se fechou bastante.

“Não foi um jogo brilhante. Em determinados momentos, esteve até longe de ser brilhante. Mas a equipe não sofreu gols, ofereceu muito pouco ao adversário. Você separa os fundamentos e vê que a equipe vem amadurecendo. Fizemos um jogo médio e soubemos encontrar o caminho para a vitória. É um fato positivo que a gente leva”, afirmou o gaúcho.

Para o treinador, a falta de brilho do jogo teve a ver com o tipo de marcação proposto pelos visitantes. Levi grudou em Jadson durante todo o primeiro tempo até ser substituído por causa do cartão amarelo. Romarinho teve a companhia constante de Xaves.

Divulgação/Agência Corinthians
Romarinho teve a atenção de Xaves durante todo o jogo no Pacaembu (foto: Daniel Augusto Jr.)
“A equipe foi madura, porque foi um jogo de marcação forte, com marcação individual dentro do campo de defesa para Jadson, para Romarinho, para Guerrero, que é o centroavante, nem se fala. Os alas espetaram nos nossos laterais. Tivemos um pouco de dificuldade, mas tivemos muito controle do jogo e paciência”, comentou Mano.

O primeiro gol saiu no final do primeiro tempo, em cruzamento de Uendel completado por Luciano. Foi só nos instantes derradeiros do jogo que o placar tomou proporções maiores, com dois gols saideiros. “A equipe foi premiada em cima da maturidade que teve para jogar o jogo como ele devia ser jogado”, concluiu o técnico.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade