Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Mano vê clássico como marco da virada e releva erros de finalização

Helder Júnior São Paulo (SP)

O Corinthians completou o seu sexto jogo consecutivo sem vencer no Campeonato Paulista ao empatar por 1 a 1 com o Palmeiras no domingo, no Pacaembu. Diferentemente dos outros tropeços, no entanto, o técnico Mano Menezes conseguiu enxergar boas perspectivas com a atuação de sua equipe no clássico.

“Fomos outro time, como eu havia prometido. Isso aponta para o futuro. De adora em diante, o campeonato será outro”, confiou Mano, muito satisfeito com a nova formação que encontrou para o meio-campo do Corinthians, que passou a contar com Jadson e Bruno Henrique ao lado de Ralf e Guilherme. “Pela primeira vez, e eu disse isso aos jogadores, senti o Corinthians capaz de trilhar outro caminho.”

Apesar de realmente ter sido mais criativo, muito graças ao meia Jadson, o Corinthians voltou a apresentar outros erros ofensivos contra o Palmeiras. Os atacantes Romarinho e Guerrero, livres de marcação, desperdiçaram oportunidades à frente do goleiro Fernando Prass.

“É claro que precisamos melhorar a capacidade de definição, mas isso tem um pouco a ver com o nosso momento. Em outras épocas, a gente faria esses gols com muita facilidade. Mas os jogadores trazem o contexto que estamos atravessando para dentro de campo. Eles precisam estar mais leves, tranquilos. Só uma sequência positiva é capaz de mudar isso”, relevou Mano Menezes, apesar de continuar à espera de um reforço experiente para o seu ataque.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Pela primeira vez durante a série negativa, Mano enxergou o Corinthians capaz de virar a fase ruim
As chances de gol perdidas serviram também para o treinador enfatizar a superioridade do Corinthians no clássico. “O adversário exigiu bastante por ser um dos líderes da competição, mas nós nos impusemos e merecíamos vencer. Não ganhamos porque futebol não é um jogo de justiça, e sim de bola dentro do gol. Mas as nossas perspectivas mudaram a partir de agora”, voltou a avisar.

Para seguir vivo no Campeonato Paulista, o Corinthians precisa justificar rapidamente o otimismo do seu treinador. O time está na lanterna do grupo D, com 8 pontos ganhos, atrás de Grêmio Osasco Audax (10), XV de Piracicaba (10), Ituano (15) e Botafogo-SP (16).

“O mais importante é que, contra o Palmeiras, fizemos o nosso melhor jogo. O que eu mais quero é que o Corinthians continue melhorando como equipe. Se não conseguirmos chegar à próxima fase por nossa incompetência anterior, pretendo ao menos terminar a etapa classificatória vendo que vamos com força para a segunda parte do ano”, concluiu Mano Menezes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade