Futebol - ( - Atualizado )

Mano volta a elogiar Guerrero, mas estuda alternativas para o ataque

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Mano Menezes voltou a fazer elogios a Paolo Guerrero, centroavante que não vive boa fase técnica no Corinthians. O treinador apostou na recuperação do peruano, mas não assegurou sua permanência no time e falou sobre as alternativas da equipe, que não tem outro homem de área no elenco.

“O técnico não pode dar garantia para jogador nenhum. Ele precisa observar o rendimento e obedecer a ele para tomar as decisões. Penso que dar garantias é o pior caminho para se ter ganho de qualidade”, afirmou o gaúcho, antes de lhe dar um novo voto de confiança.

“O Paolo vem perdendo alguns gols que não são comuns para um atacante do nível dele, mas isso já vimos no futebol muitas vezes. Os jogadores vivem ciclos, fases. Ele está trabalhando sério para mudar essa condição, e tenho certeza de que isso vai acontecer em breve”, acrescentou.

Divulgação/Agência Corinthians
Guerrero segue no time titular e no coração da torcida, que vem gritando seu nome
Como o Corinthians falhou na tentativa de contratar outro centroavante, tirar Guerrero significa mudar a característica do ataque. Sairia um atleta de área e entraria alguém com maior mobilidade. Nesse sentido, o cenário visualizado por Mano é a entrada de Renato Augusto na direita, com Romarinho no papel de falso nove.

“Podemos manter o esquema, mas mudar a característica do jogador. Podemos centralizar o Romarinho, podemos ter o Emerson pela beirada ou mais central, como foi na Libertadores que o Corinthians ganhou. Podemos mudar a característica sem o nosso homem central”, explicou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade