Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Meia do Bayern é disputado por cinco clubes ingleses

Munique (Alemanha)

Titular do Bayern de Munique desde 2010, o meio-campista Toni Kroos se consolidou como peça importante no esquema tático da equipe bávara e passou a ser constantemente convocado para atuar pela seleção alemã. Vinculado aos atuais campeões europeus até junho do próximo ano, o atleta está insatisfeito com seu salário e, segundo divulgou o jornal britânico Daily Mail na edição desta segunda-feira, é disputado por cinco dos maiores times ingleses: Manchester United, Liverpool, Arsenal, Chelsea e Manchester City.

Atualmente, Kroos está no grupo de salários intermediários do elenco comandado pelo treinador Josep Guardiola e recebe 60 mil libras (aproximadamente R$235,9 mil) semanalmente. O meio-campista, porém, almeja ter vencimento de 150 mil libras (cerca de R$589,7 mil), assim como Philipp Lahm , Bastian Schweinsteiger e Franck Ribery. O Bayen, por sua vez, descarta oferecer este aumento ao jogador.

Reconhecendo a dificuldade em obter renovação contratual, o clube bávaro admite vender Toni Kroos por 25 milhões de libras (aproximadamente R$98,2 milhões) na próxima janela de transferências do futebol europeu. Atentos ao imbróglio, os times britânicos são os principais candidatos a desembolsar o valor para acertar com o meio-campista. O treinador do Manchester United, David Moyes, foi até a Alemanha no final de janeiro para acompanhar.

Aos 24 anos, o atleta acumula uma participação em Copa do Mundo (2010) e uma em Eurocopa (2012). Nesta temporada, Kroos entrou em campo em 31 oportunidades, sendo 28 como titular, e marcou um gol. Julian Draxler, do Schalke 04, seria o alvo do Bayern de Munique para substituir o meio-campista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade