Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Mesmo com vitória, Autuori expõe falta de trabalho coletivo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG, do técnico Paulo Autuori, continua devendo futebol para a torcida do Galo. Situação que o treinador entende ser natural, devido ao pouco tempo de preparação em relação aos times do interior, que iniciaram os trabalhos com bastante antecedência. Para o comandante, o ideal neste momento é usar o aspecto coletivo para superar os adversários, o que demorou a acontecer no jogo contra o Nacional.

“Depois que ficamos um a menos a equipe passou a fazer mais aquilo que a gente pediu, ou seja, trabalhar mais no coletivo para fazer a diferença nas individualidades. A gente começou bem o jogo e depois de 15, 20 minutos pecamos por tentar resolver as coisas na individualidade. Primeiro temos que ter a bola e obrigar o adversário balançar de um lado para outro, e só conseguimos isso depois”, analisou.

O treinador alvinegro também falou sobre a lesão do zagueiro Emerson, que cometeu falta no jogador do Nacional e acabou sofrendo fratura no tornozelo na jogada. Paulo Autuori lamentou a contusão, desejou melhora para o defensor e pretende solicitar a contratação de mais um jogador para a posição, já que Emerson vai passar por cirurgia.

“Muito difícil o que aconteceu com o zagueiro Emerson hoje. Agora é pensar na sua recuperação rápida. No início da temporada perdemos o Luan e agora um zagueiro, mas futebol não dá tempo para lamentar. Agora é achar soluções e vamos atrás delas com o Maluf (diretor de futebol). Lamentamos muito", declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade