Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Muricy aumenta cobrança e contém indisciplina do São Paulo

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Um dos times mais indisciplinados do Campeonato Brasileiro de 2013, o São Paulo exibe um perfil mais comportado neste início de Paulistão. Depois de passar as quatro primeiras rodadas do Estadual sem receber cartão vermelho, o técnico Muricy Ramalho revelou que mantém uma forte cobrança para evitar advertências ao seu time.

“Começo a preleção de todo jogo falando sobre isso. Quando eles entram na sala, já veem o perfil do árbitro, quantas partidas apitou... Já aviso que não adianta reclamar, porque eles não voltam atrás. Também não podem dar carrinho e nem ficar na frente da bola em faltas. Isso é proibido. Um profissional tem de ficar atento a tudo. É complicadíssimo jogar 11 contra 10”, afirmou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Muricy Ramalho fala sobre arbitragem em toda preleção para evitar cartões desnecessários do São Paulo
No Brasileirão de 2013, quando chegou a correr risco de rebaixamento, o Tricolor foi o segundo time com maior número de expulsões, com dez, atrás apenas do Fluminense, que teve 11 excluídos. Porém, Muricy admite que os números poderiam ser ainda piores se não tivesse iniciado a cobrança já no Nacional.

“Nós melhoramos no final do ano passado, porque mostrei que nosso time se salvou quando ficou com todos até o fim”, explicou. Ao expor sua preocupação com o assunto, o treinador se revelou inconformado por ver que há atletas que não se importam em saber antes quem apitará a partida.

“Tem de ser profissional nisso também e é importante ver jogos. Jogador brasileiro não se concentra nisso, vai para casa e fica no videogame, aquela porcaria que não serve para nada. Temos de vir e mostrar tudo para eles: quem bate com a perna esquerda, quem dribla... Tem árbitro que não quer conversa, enquanto outros aceitam uma aproximação. Faço muito esse estudo”, completou.

O maior teste para o bom comportamento são-paulino será neste domingo, quando o clube enfrentará seu primeiro clássico, contra o Palmeiras, no Pacaembu. Como Muricy deve saber desde sexta, o árbitro será Luiz Flávio de Oliveira, que já apitou uma goleada de cada rival neste Paulistão: São Paulo 4 x 0 Mogi Mirim e Palmeiras 4 x 1 Atlético Sorocaba.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade