Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

"Não queria que o dia acabasse", diz Ferrugem após vitória da Ponte

Campinas (SP)

Autor do segundo gol da vitória da Ponte Preta diante do Corinthians, no último domingo, no Moisés Lucarelli, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, Ferrugem comemorou a boa atuação. “Felicidade muito grande. Cheguei a dizer à minha esposa que não queria que o dia chegasse ao fim”.

A alegria do jogador é mais do que justificada, já que ele esteve afastado das quatro linhas por quase toda a temporada passada. O volante correu o risco de ter que amputar o pé esquerdo, após entrada criminosa de um zagueiro do São Caetano, em partida válida pelo Paulistão de 2013, que lhe causou grave fratura. Na época, os médicos cogitaram a hipótese de que Ferrugem não retornaria mais aos gramados.

De volta e feliz, ele tem consciência de que o momento da Macaca não é dos melhores e sabe que a torcida não estava satisfeita. “(Durante o protesto) Os torcedores não agrediram ninguém. Fizeram o que têm direito de fazer: cobrar”, afirmou ao programa Donos da Bola. A Ponte é a terceira colocada do Grupo C.

Divulgação/A. A. Ponte Preta
Ferrugem e Alemão foram os resposáveis pelos dois gols da Macaca
No entanto, a vitória deu novo ânimo à equipe campineira e marcou o primeiro triunfo do novo técnico Vadão. “Ele (treinador) chegou e falou para fazermos o nosso trabalho. Só poderíamos reverter a situação ganhando do Corinthians, e foi o que aconteceu”, disse Ferrugem.

O jogador aproveitou para comentar o recente caso de violência por parte de alguns torcedores do Timão, que invadiram o CT Joaquim Grava e protagonizaram cenas assustadoras. “Tínhamos o receio pelos nossos companheiros do outro time. Ficamos preocupados com isso. Mas, caso perdêssemos, também sofreríamos com protestos. Não iram nos agredir, porque a torcida da Ponte não faria isso, porém, cobrariam. Dentro de campo temos que defender o nosso clube e jogar para vencer”, avaliou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade