Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Newell’s e Nacional fazem clássico para não deixar Grêmio escapar na ponta

Buenos Aires (Argentina)

Tricampeão da Copa Libertadores da América, o Nacional, do Uruguai, faturou o seu último título continental em 1988, sobre o Newell’s Old Boys, da Argentina. Na ocasião, inúmeras polêmicas e fatos violentes marcaram a decisão, que apimentou a rivalidade entre o futebol dos países banhados pelo Rio da Prata. Mais de duas décadas depois daquela grande final, as duas equipes voltam a se enfrentar nesta quinta-feira, a partir das 21h45 (de Brasília), no estádio El Coloso del Parque, em Rosário. O jogo será válido pela 2ª rodada da Copa Libertadores da América de 2014.

Como não poderia deixar de ser, o duelo está cercado de polêmicas. Por causa do retrospecto violento do ‘clássico’ entre Newell’s e Nacional, foi ventilada a possibilidade de não serem vendidos ingressos para as equipes visitantes nos dois confrontos desta primeira fase. No entanto, o time argentino anunciou, nesta semana, que disponibilizou duas mil entradas aos uruguaios para o jogo desta quinta, o que mobilizou os torcedores do Nacional.

Porém, a diretoria do clube tricampeão continental acusou os argentinos de, anteriormente, terem admitido não garantir segurança aos visitantes no El Coloso del Parque. Assim, pediu para os fãs do Nacional não viajarem a Rosário, o que já havia sido providenciado. A alta cúpula do Newell’s, entretanto, acalmou os riviais e se defendeu das acusações, afirmando que haverá, sim, segurança aos torcedores adversários. A 'troca de farpas' serviu para acalorar ainda mais a rivalidade entre os dois clubes.

Divulgação
O Newell's goleou o Atlético Rafaela no fim de semana, e chega motivado para pegar o Nacional, do Uruguai

Dentro de campo, a situação de ambos não é boa. Newell’s e Nacional foram derrotados na primeira rodada da Libertadores e, sem nenhum ponto, precisam de uma vitória para não deixar o Grêmio escapar na liderança do Grupo 6. A equipe gaúcha ocupa a ponta da chave com seis pontos, enquanto o Atlético Nacional, da Colômbia, é o segundo com três tentos. Desta forma, um empate entre uruguaios e argentinos nesta quinta-feira seria trágico para os dois, que terminaram a rodada com apenas um ponto.

O time de Rosário se recuperou do tropeço na estreia continental com um triunfo por 4 a 1 sobre o Atlético Rafaela, pelo Campeonato Argentino, e quer repetir a dose diante do Nacional. “Nos motiva jogar contra um grande rival. Esperamos repetir a imagem que deixamos contra o Rafaela. Sabemos que será uma partida dura, o Nacional é um time copeiro, mas nós devemos seguir atuando da mesma maneira. Não tivemos uma boa estreia na Libertadores e precisamos ganhar agora”, declarou o atacante Víctor Figueroa.

Com muita história e rivalidade em jogo, Newell’s Old Boys e Nacional, da Uruguai, se enfrentam nesta quinta-feira, ás 21h45 (de Brasília), pela segunda rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores da América de 2014. O duelo – que promete muita tensão - será apitado pelo chileno Enrique Osses, auxiliado por seus compatriotas Carlos Astroza e Sergio Román. A partida será realizada no estádio El Coloso del Parque, em Rosário (Argentina).

Confira as partidas desta quinta-feira pela Copa Libertadores da América: (horários de Brasília)

19h30 - San Lorenzo (ARG) x Independiente del Valle (ECU)
21h45 - Newells Old Boys (ARG) x Club Nacional (URU)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade