Futebol/Copa do Mundo de 2014 - ( - Atualizado )

Neymar exalta Felipão e cita ansiedade por Copa: “Espero poder lidar”

Zurique (Suíça)

Três Campeonatos Paulistas, uma Copa do Brasil, uma Copa Libertadores da América, uma Recopa Sul-americana, uma Supercopa da Espanha e uma Copa das Confederações. Todos estes torneios já foram conquistados por Neymar, seja defendendo Santos, Barcelona ou Seleção Brasileira. Nenhum deles, porém, tem o peso de uma Copa do Mundo. Em entrevista ao site oficial da Fifa, a principal esperança verde e amarela para 2014 exaltou Luiz Felipe Scolari e admitiu muita ansiedade pelo Mundial a ser disputado nesta temporada.

Prova disto é que, quando solicitado para completar a frase: “Em 2014, Neymar será...”, ele foi enfático: “Campeão da Copa do Mundo (risos). Parece que falta muito tempo, mas não é bem assim. Já chegou, a Copa está aí. E ainda por cima é em nosso País. É um orgulho enorme. Estou ansioso. Espero poder lidar com essa ansiedade. Vai ser uma grande Copa e tomara que principalmente para nós”, declarou o camisa 11 do Barcelona.

O jovem, aliás, voltou aos gramados neste fim de semana e em grande estilo. Após ficar um mês parado por lesão no tornozelo direito, o brasileiro entrou no segundo tempo da partida diante do Rayo Vallecano, pelo Campeonato Espanhol, e fechou a goleada por 6 a 0 com um golaço. Ele arrancou do meio de campo, passou por dois marcadores e arrematou de muito longe, no ângulo direito do arqueiro adversário.

Reprodução
Neymar posou com a bandeira brasileira e admitiu ansiedade pela Copa do Mundo (foto: site da Fifa)

O retorno de Neymar, certamente, foi muito comemorado por Luiz Felipe Scolari. Desde que assumiu a Seleção Brasileira, em novembro de 2012, o comandante nacional vem depositando muita confiança no atacante, que, enfim, convenceu na equipe canarinho, com a conquista da Copa das Confederações. “O Felipão é um treinador como nós, uma pessoa normal. Faz brincadeiras, mas é firme quando tem que ser firme. É um homem trabalhador, que gosta de ganhar sempre, e é uma grande pessoa. Essas são as suas principais virtudes. Com isso, ele conseguiu ganhar o grupo”, elogiou Neymar.

O craque brasileiro está no Barcelona desde julho do ano passado e, em menos de um ano, já se disse completamente adaptado. “Não é que eu tenha me surpreendido. Graças a Deus tive muita sorte, principalmente por ter encontrado um grande grupo, com jogadores que me receberam muito bem. Todo o Barça. São jogadores que ganharam praticamente tudo na vida e ainda mantêm a mesma humildade. É o principal fator para que tudo esteja indo bem”, explicou.

Para finalizar, Neymar revelou que ainda brinca com seus companheiros de clube sobre a vitória por 3 a 0 diante da Espanha na final da Copa das Confederações. Naquela ocasião, sete atletas do Barcelona estiveram em campo e foram massacrados por uma atuação de gala dos comandados de Felipão. O camisa 10 canarinho fez um gol e ainda cavou a expulsão de Gerard Piqué, hoje seu parceiro de equipe.

Quem não estava no Maracanã naquele dia, mas hoje também desfruta da amizade de Neymar é Lionel Messi. O brasileiro, aliás, contou que já projetou uma decisão entre Brasil e Argentina na Copa do Mundo com ele e declarou ter se surpreendido positivamente com o canhoto. “Sempre torci por ele e, agora que o conheço, ainda mais. Tenho a sorte de estar perto dele todos os dias e quero que ele se saia bem em tudo. Ele me surpreendeu muito! Inclusive como jogador. Não sabia que era tão bom quanto quando eu o via pela TV”, decretou.

AFP
Neymar revelou que ainda brinca com seus companheiros de Barça sobre a vitória por 3 a 0 diante da Espanha

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade