Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

No último minuto, Sorocaba arranca empate do GO Audax e ajuda Timão

Sorocaba (SP)

Nesta sexta-feira, teve prosseguimento a 11ª rodada do Campeonato Paulista. Atuando no estádio Walter Ribeiro, o Grêmio Osasco Audax vencia o Atlético de Sorocaba, por 2 a 1, até os 49 minutos da etapa final. Foi quando o zagueiro Thiago Costa, em lance de puro oportunismo, decretou a igualdade no interior. 

Com o resultado, o Galo chega aos nove pontos, e deixa a lanterna do Grupo A a cargo do Comercial, que soma uma unidade a menos. Por sua vez, o caçula da elite paulista aparece na quarta posição da Chave B, somando 17. O empate favoreceu o Corinthians, que perderia o terceiro posto caso o clube da Região Metropolitana triunfasse.

Na próxima rodada, o Grêmio Osasco Audax encara o São Paulo, no Estádio do Morumbi, às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira. Por sua vez, o Atlético de Sorocaba, novamente em seus domínios, terá pela frente o Botafogo de Ribeirão Preto, no mesmo dia, às 17 horas.

O jogo – A movimentação constante do Grêmio Osasco Audax, de início, confundiu a defesa do Atlético de Sorocaba. Aos 14 minutos, o centroavante Thiago Silvy, se posicionando como um legítimo meia, recebeu na intermediária e finalizou firme, obrigando o goleiro Fábio a defender em dois tempos.

Com 29 jogados, os comandados de Fernando Diniz criaram outra chance de perigo. Velicka escapou pela esquerda e tentou o cruzamento. A zaga galista afastou mal, mas Thiago Silvy, cara a cara com Fábio, parou em intervenção milagrosa do goleiro, que impediu o primeiro gol do caçula do Paulistão.

Disposto a reverter o panorama adverso na primeira etapa, o Atlético de Sorocaba voltou com uma postura mais ofensiva e não demorou para inaugurar o marcador. Aos quatro minutos, o centroavante Danilo Almeida recebeu na área, driblou o marcador com um corte seco e, de bico, mandou a bola no canto direito de Felipe Alves.

Porém, a vantagem sorocabana durou pouco. Cinco minutos após entrar no lugar de Denílson, Diego finalizou da intermediária, com o pé direito, e venceu Deola, que se esticou, mas não conseguiu espalmar a bola, em seu canto direito. A virada do Grêmio Osasco Audax veio com seu camisa 10, Rafinha, com 34 jogados.

Quando a partida se encaminhava para a igualdade, o zagueiro Thiago Costa, em lance de puro oportunismo, dominou e concluiu firme, sem dar chances para o arqueiro Felipe Alves, que nada pôde fazer.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade