Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Novo ídolo vascaíno, ‘imbatível’ Martín Silva se diz surpreso com carinho

Rio de Janeiro (RJ)

Durante os dez minutos finais da partida diante do Botafogo, neste domingo, no Maracanã, o nome do goleiro uruguaio Martín Silva foi entoado por inúmeras vezes pela torcida do Vasco. Após a vitória por 1 a 0 no clássico, o arqueiro, que ainda não foi vazado e nem derrotado com a camisa 1 cruzmaltina, celebrou, mas também se mostrou surpreso com o carinho recebido das arquibancadas.

“Sinceramente, eu não esperava um carinho tão grande assim por parte dos torcedores. Entendo que eles passaram por uma carência na última temporada, mas isso já está no passado. Vim aqui para ajudar o Vasco, e, neste momento, está dando tudo certo. Fico muito feliz”, declarou Martín Silva, em entrevista ao PFC, logo depois do confronto.

O uruguaio foi contratado pelo Vasco no início desta temporada e, logo de cara, tornou-se o novo ídolo da torcida. Isto porque o time, rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro no ano passado, sofreu com as falhas de seus três goleiros (Alessandro, Michel Alves e Diogo Silva) em 2013 e via nesta posição a sua principal carência para 2014. Silva chegou com status de vice-campeão continental com o Olímpica e, em três partidas pelo Vasco até aqui, soma três vitórias e nenhum gol sofrido.

“Até quando ele toma cartão amarelo é aplaudido.I sto é importante para dar confiança ao grupo. Eu já o conhecia, sabia do potencial do Martín, então para mim, estas atuações dele não são nenhuma novidade. Ele transmite esta segurança defensiva que faltava à equipe”, elogiou o treinador Adílson Batista, antes de acrescentar. “O Vasco sempre teve ótimos goleiros em sua história, desde o Mazarópi até o Fábio, que agora está no Cruzeiro. O Martín chega para ser mais um deles”, finalizou.

Outro jogador que já caiu nas graças do torcedor do Vasco foi o atacante Edmilson, artilheiro do campeonato com quatro gols. Dessa vez ele não marcou, mas foi fundamental ao dar a assistência para o gol de Thalles. “É importante ajudar, não só com gols, mas também dando passes. Parabéns ao grupo, mas o Vasco é grande e mereceu sair vencedor”, analisou Edmílson. “Estou muito feliz, este gol vem para coroar o trabalho duro que eu faço desde a pré-temporada. Só tenho a agradecer aos torcedores e à comissão técnica por confiar em mim”, concluiu Thalles.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade