Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Organizada reata com Luis Fabiano para criticar Pato e diretoria

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A relação entre a maior organizada do São Paulo e Luis Fabiano sempre foi conturbada. Na noite desta quinta-feira, durante a vitória sobre o Paulista, porém, a torcida voltou a gritar o nome do principal artilheiro da equipe na atualidade depois de muito tempo. Mas também com a intenção de avisar que Alexandre Pato não é bem-vindo.

Antes de enaltecer Luis Fabiano, os torcedores berraram: “Pato é o c...!”. Também sobrou para os dirigentes, que aceitaram ceder o meia Jadson ao Corinthians em troca do empréstimo do atacante. “Diretoria, vai se ferrar! Trazer o Pato é dar dinheiro ao gambá!”, gritaram, sem se importar com o fato de clube rival pagar metade dos salários do reforço.

Luis Fabiano, no entanto, não ligou tanto para a revolta do público que foi ao Morumbi. Preferiu se vangloriar por ter os torcedores ao seu lado. “Fico feliz pela torcida reconhecer o meu trabalho, gritar o meu nome e o do Rogério. A gente se alegra com o reconhecimento. Isso nos dá mais ânimo”, comemorou, apoiando o seu novo companheiro de ataque. “Há uma desconfiança grande com um jogador que vem do rival. Mas o Pato vai nos ajudar e fazer a torcida feliz.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Os poucos torcedores do São Paulo que foram ao Morumbi ovacionaram Luis Fabiano e insultaram Alexandre Pato
Luis Fabiano sabe que ele próprio, que conseguiu transformar vaias em elogios, serve de exemplo para Alexandre Pato. “A torcida, às vezes, me xinga. Minha vida é essa aqui (risos), mas fico feliz por hoje”, disse o autor do segundo gol da vitória por 2 a 0 sobre o Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade